ATLETISMO

IPVC aponta às finais nos CNU’s de Pista Coberta

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo aspira chegar às finais nos Campeonatos Nacionais Universitários de Atletismo de Pista Coberta, que se realizam no fim de semana, em Pombal.

Para esta prova, Joel Maltez, treinador do IPVC, leva cinco atletas: David Pedrosa, João Vale, Fátima Pereira, Fátima Coutinho e Scarlett Saleiro; e uma vontade enorme de chegar às finais das provas…
A equipa de Atletismo do IPVC, que entra em competição um ano depois da última prova, está a treinar afincadamente há cerca de três semanas, depois de tantos confinamentos e restrições. À partida para a primeira competição do ano, Joel Maltez, treinador do IPVC, salienta que é difícil fazer previsões, mas refere que chegar às finais é um objetivo intrínseco…

“Pela primeira vez partimos para uma competição com os objetivos menos específicos. A esmagadora maioria dos nossos atletas não fez uma única competição este ano e apenas há duas-três semanas conseguiu trabalhar sem limitações. Antes disso as restrições e o confinamento impediram-nos de trabalhar de forma normal”, começou por referir Joel Maltez.

O treinador da formação de Viana do Castelo adiantou que “neste momento, sem provas e apenas com treinos é difícil saber como, realmente, estão, assim como não sabemos como está a concorrência”.

 

CHEGAR ÀS FINAIS

 

Afirmando que “é muito difícil fazer uma previsão”, Joel Maltez referiu que “claro que temos aquele objetivo intrínseco e que qualquer atleta almeja atingir, que é chegar à final” .

À final chegam os oito melhores “se calhar nem todos conseguirão chegar à final, mas sei que todos vão lutar para que isso aconteça. Se conseguirmos chegar às finais, nós já podemos festejar tendo em atenção tudo o que se passou durante o último ano”.

Quanto a medalhas… “isso já é um tiro no escuro. Nesta equipa temos atletas que já conquistaram medalhas noutras ocasiões. Ainda o ano passado saímos do CNU’s de Pista Coberta com duas medalhas. Somos uma equipa pequena mas temos tido a sorte de conquistar algumas coisas”.

 

DESIGUALDADES ENTRE ATLETAS

 

Para este ano a dúvida é maior, até porque nem todos os atletas estão em pé de igualdade… “infelizmente há uma grande desigualdade entre os atletas. As federações lançaram recentemente os protocolos dos treinos, quem podia treinar e quais as condições… mas numa grande parte do tempo nós estivemos parados, enquanto que noutras zonas do país continuaram a fazer-se treinos e a realizar-se competições. No norte fecharam tudo mesmo…”.

“Depois há outra questão importante e que pouco tem sido falada…por causa do protocolo de segurança da DGS, as competições vão realizar-se com grupo muito pequenos, sem público e nem os atletas podem assistir às provas uns dos outros. Portanto, aqui a capacidade dos atletas de auto motivarem vai ser decisiva. Vamos ver como vão reagir os nossos atletas”.

Apesar de todas as condicionantes e restrições, Joel Maltez garante que “os atletas do IPVC estão motivados e muito felizes por poderem ter uma oportunidade de competição. A equipa treinou bem nas últimas três semanas, com muito afinco e foco para estes CNU’s de Pista Coberta, vamos ver se o trabalho dá frutos…”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS