CICLISMO

João Salgado: “é para viver situações como estas que trabalho diariamente”

“É para viver situações como estas que trabalho diariamente” foi assim que João Salgado, ciclista de Guimarães que representa a JV Perfis – Gondomar Cultural, começou por abordar a sua chamada à Seleção Nacional e a estreia na Volta a Portugal em bicicleta.

João Salgado, de 21 anos, foi chamado por José Poeira, selecionador nacional, para fazer parte da Equipa Portugal que vai participar na Volta a Portugal em bicicleta, prova que decorre entre domingo, dia 27 de setembro, e cinco de outubro e que liga Fafe a Lisboa ao longo de nove dias de prova.  Na Volta a Portugal participam 15 equipas e um total de 105 corredores. DE referir que a Equipa Portugal é composta , maioritariamente, por corredores Sub-23 de equipas de clubes portuguesas e a jovens corredores nacionais que representam equipas estrangeiras.

“TINHA O OBJETIVO DE UM DIA PODER CHEGAR À SELEÇÃO NACIONAL…”

“Foi uma grande surpresa, não estava nada à espera”, começou por referir João Salgado, que relembra que “tinha o objetivo de um dia poder chegar à Seleção Nacional e correr a Volta a Portugal, mas não estava à espera que fosse este ano, até pelo ano atípico que estamos a viver”.

João Salgado sente que o seu trabalho e empenho no ciclismo estão a ser recompensados: “isto era algo que eu queria muito” e adiantou: “é para viver situações como estas que trabalho diariamente”.

João Salgado já está concentrado com a equipa e tem como principal objetivo: “chegar a Lisboa no dia cinco de outubro”.

“É SEMPRE BOM CORRER NO MINHO”

A Volta a Portugal arranca domingo com um prólogo em Fafe e segunda-feira os ciclistas voltam a passar pelo Minho, numa etapa que liga Montalegre a Viana do Castelo. João Salgado mostra-se satisfeito por poder correr perto de casa…

“É sempre bom correr no Minho, apesar de saber que o terreno nem sempre é fácil e que pode vier a trazer dificuldades acrescidas”, mas “é muito bom estar perto de casa e passar por estradas que conheço bem”.

Quanto ao prólogo, que marca o arranque da Volta a Portugal, João Salgado referiu que “é um percurso duro, que nos vai obrigar a um esforço muito curto e intenso. Sinceramente não gosto muito, mas ainda não pensei muito nisso. É encarar com calma e pensar a Volta dia a dia, tentar chegar a Lisboa…esse é o grande objetivo que tenho para esta minha estreia”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS