CICLISMO

Alberto Amaral e UC Ponte Barca apontam aos títulos

Alberto Amaral e a Rematelaborado – União Ciclista de Ponte da Barca apontam aos títulos e pódios no Campeonato Nacional de Contrarrelógio, que se realiza este domingo em Castelo de Vide.

Alberto Amaral, ciclista da recém-criada equipa de Ponte da Barca, é um dos grandes favoritos à conquista do título de Campeão Nacional de Contrarrelógio de Master 50.

Alberto Amaral, Campeão em título, tem pela frente um percurso de 13,8 quilómetros e o grande objetivo de revalidar o título.

“Revalidar o título de Campeão Nacional de Contrarrelógio é o grande objetivo desta época” começou por afirmar Alberto Amaral.

O ciclista do conjunto de Ponte da Barca, que já fez o reconhecimento do percurso, diz-se confiante e preparado para a prova “o percurso na primeira metade é quase sempre a descer, o que não me favorece, mas a segunda metade é sempre em subida, o que vai tornar o Contrarrelógio muito duro. Eu estou confiante”.

De resto, Alberto Amaral tem participado em algumas competições e ainda recentemente se sagrou Campeão Ibérico e foi segundo no Campeonato Nacional de Rampa… “A prova que realizei em Espanha deixou-me bastante motivado, mas o ‘Nacional’ de Rampa, que se disputou na semana passada, não correu como eu pretendia. Queria ter feito um pouco mais”, disse Alberto Amaral, que garante que “estou motivado e preparado para lutar pela camisola de Campeão Nacional”.

REMATELABORADO – UC PONTE BARCA NA LUTA PELOS LUGARES CIMEIROS

A Rematelaborado – União Ciclista de Ponte da Barca está em força no Campeonato Nacional de Contrarrelógio. Para além de Alberto Amaral, que vai tentar revalidar o título de Campeão Nacional, a equipa de Ponte da Barca faz-se representar por Hélder Azevedo, que aponta igualmente ao pódio em Master 30, Ricardo Gonçalves, Paulo Angélico, José Amorim e Rosa Marques.

O grupo vai ser acompanhado pelo presidente Filipe Rocha, pelo direto geral desportivo Luís Barbosa e pelo diretor desportivo Sérgio Reitor.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS