CICLISMO

Seissa em duas frentes no fim de semana

A Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact está em duas frentes este fim de semana. No sábado o clube participa na Taça de Portugal de XCO, que se realiza em Guimarães, e domingo marca presença no Campeonato Nacional de Rampa, que decorre em Miranda do Corvo.

Para a prova de sábado, a segunda prova da Taça de Portugal de BTT XCO, a Seissa faz deslocar os Cadetes Bruno Lopes, Diogo Carreiras, Gabriel Baptista, Guilherme Vilas Boas, Miguel Peixoto, Tomás Carvalho e Henrique Lopes; e ainda o Master 40 José Ribeiro.

Hélder Braga, diretor desportivo da Seissa, garante que “os objetivos para a Taça de Portugal de XCO são, essencialmente, proporcionar mais competição aos nossos alunos e assim ajudar na sua formação e experiência, sem qualquer pressão de resultados” e adiantou que “o XCO, não sendo o principal foco da equipa, serve mais como complemento da formação dos nossos atletas e não como objetivo de atingir resultados imediatos”.

SONY DSC

No domingo a equipa barcelense desloca-se a Miranda do Corvo para disputar o Campeonato Nacional de Rampa e faz-se representar pelos Cadetes Bruno Lopes, Guilherme Rodrigues, Diogo Carreiras, Henrique Lopes, Pedro Pinto, Tomás Carvalho e Vítor Faria; o Júnior Guilherme Santos e o Master 40 José Ribeiro.

SEISSA NO ENCONTRO DE ESCOLAS

A Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact é ainda um dos clubes que marca presença na retoma das provas de Escola, o Encontro de Escolas de BTT XCO, que está marcado para domingo no Centro de Ciclismo do Minho.

Na prova, que se desenrola durante a manhã, participam cerca de meia centena de atletas de clubes da Associação de Ciclismo do Minho, Associação de Ciclismo de Vila Real e Associação de Ciclismo de Bragança. A Seissa é que clube que leva a maior comitiva, cerca de 30 atletas.

Hélder Braga considera que positivo o arranque das provas para as Escolas, lembrando que é importante garantir a segurança dos atletas.

“Parece-me bem o regresso das escolas, contudo, é importante que estejam reunidas todas as condições de segurança para que os pais tenham confiança em enviar os filhos para as competições, dado que o acesso aos Padocks vão, certamente, ser restritos”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS