NATAÇÃO

José Paulo Lopes (SC Braga) preparado para o Open de Loulé

“Estou preparado e confiante para o Open de Loulé” disse José Paulo Lopes, nadador do SC Braga, que entre sexta-feira e domingo participa no Open de Loulé, prova destinada a Seleções que marca o arranque da nova época.

José Paulo Lopes está em estágio desde o dia 25 de julho e garante que “os treinos têm corrido bem”, por isso “estou a encarar o regresso à competição com muita confiança. Tanto em termos físicos como mentais encontro-me muito bem, agora é só competir…”.

“OPEN TEM TUDO PARA CORRER BEM”

“Este Open tem tudo para correr. Vai ser uma prova muito competitiva e que nos vai obrigar a dar o máximo, já que vamos encontrar nadadores de Espanha e Brasil”

José Paulo Lopes faz um balanço positivo do estágio, que termina hoje, e antecede o Open de Loulé.

“Estou a gostar muito de estar aqui. Tem sido um estágio muito produtivo e tenho evoluído bastante” disse José Paulo Lopes, que adiantou que “estou a treinar com atletas de Seleção e isso ajuda a manter a exigência, o foco e a motivação nos treinos na piscina, no ginásio e mesmo fora dos treinos. Sinto-me bastante motivado”.

PERÍODO DIFÍCIL

José Paulo Lopes considera que já está muito próximo da sua forma, mas lembra que o caminho até aqui não foi fácil…

“No início da quarentena foi bastante difícil estar a trabalhar de casa e fora da piscina. O regresso também foi complicado, foi muito tempo fora de água. Depois com o tempo tornou-se tudo normal e hoje estou muito próximo da minha forma”, disse José Paulo Lopes, que adiantou que “quando paramos eu estava na minha melhor forma. Ainda não estou ao meu nível, mas espero estar em bom nível no Open”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS