CICLISMO

Minho reforça representação na Assembleia Geral da FP Ciclismo

A Associação de Ciclismo do Minho elegeu 16 delegados para a Assembleia-Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo, nas eleições realizadas hoje em várias cidades do país.

A Associação de Ciclismo do Minho apresentou candidaturas em praticamente todas as categorias, com um total de 33 candidatos, conseguindo eleger 16 delegados e aumentando significativamente a sua representação da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo.

José Luís Ribeiro, presidente da Associação de Ciclismo do Minho, mostrou-se bastante satisfeito com o resultado nas eleições.

“Elegemos 16 delegados, ou seja, superamos as melhores expectativas e subimos de 15,7% para 21,05% da Assembleia Geral” começou por referir José Luís Ribeiro, presidente da Direção da ACM, que acrescentou: “concretizamos o objetivo de aumentar a representação na Assembleia Geral da FPC”, por isso, “estamos muito satisfeitos”.

De referir que é através da composição da Assembleia-Geral que serão eleitos, em novembro, os órgãos federativos para o próximo ciclo olímpico.

O Minho tem vindo a aumentar a sua representação na AG ao longo dos anos: em 2013 tinha 15,78% do total dos delegados representantes de todo o universo da Federação Portuguesa de Ciclismo. Em 2016, o Minho apresentou 28 candidaturas e elegeu 12 delegados aumentando a representação, comparativamente com 2013, de 15,7% para 18,30% do total nacional de delegados. Hoje conseguiu superar largamente esse número ao eleger 16 delegados numas eleições que teve uma afluência recorde na sede da ACM.

Delegados do Minho eleitos:

Clubes: 4 + 1 (o presidente da Direção faz parte da AG por inerência)

José Luís da Costa Mendes Ribeiro – 35 votos – Eleito

Francisco Orlando da Costa Marinho – 24 votos – Eleito

Joaquim Jorge Gonçalves Mendes – 22 votos – Eleito

Jorge Filipe Rodrigues Gonçalves – 20 votos – Eleito

Armando Jesus Machado Sousa – 13 votos – Eleito

Treinadores 1: 1

Hélder André Miranda de Abreu Braga – 6 votos – Eleito

Treinadores 2: 2

Alberto José Barbosa Costa – 5 votos – Eleito

António Luís Santos Matias – 4 votos – Eleito

Estrada e pista: 1

Maria Carolina Azevedo Costa – 6 votos – Eleita

BTT: 2

Paulo Alexandre Pereira Abreu – 9 votos – Eleito

Marta Alexandra Araújo Branco – 9 votos – Eleita

Profissionais: 2

oão Carlos Araújo Matias – 2 votos – Eleito

José João Pimenta Costa Mendes – 1 voto – Eleito

Outras vertentes: 2

Maria José Mendes Miranda – 80 votos – Eleita

António Orlando Freitas – 72 votos ? Eleito

Comissários regionais: 1

Ana Isabel Soares Freitas – 10 votos – Eleito

 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS