CICLISMO

União Ciclista Ponte Barca na Volta a Lugo Master 2020

A União Ciclista de Ponte da Barca participa no próximo fim de semana na Volta a Lugo em Master 2020, que se realiza em Ribeira Sacra, Espanha e é organizada pelo Chantadino Master Team.

A equipa de Ponte da Barca apresenta-se naquela que é a sua primeira internacionalização com uma comitiva de seis ciclistas: o Campeão Nacional de Contrarrelógio Alberto Amaral, Hélder Azevedo, Ricardo Gonçalves, Daniel Alves, José Amorim e Ricardo Araújo. A acompanhar vão o presidente Filipe Rocha, o diretor geral Luís Barbosa e o diretor desportivo Sérgio Reitor.

“O NOSSO OBJETIVO É LUTAR PELA VITÓRIA”

Luís Barbosa, diretor geral desportivo, lembrou que “seremos a primeira equipa portuguesa a fazer uma prova de dois dias e por etapas no pós-covid” e com objetivos bem definidos: “o nosso objetivo é lutar pela vitória, mas com está paragem não sabemos como estamos e como estão as outras equipas. Certo é que vamos lá deixar tudo na estrada. Vamos tentar vencer o contrarrelógio e os escalões”.

A equipa de Ponte da Barca tem prevista a saída para Lugo já na noite de amanhã para que esteja operacional no sábado, dia em que há dupla jornada. De manhã o pelotão tem que percorrer 75 quilómetros, com partida e chegada a Escairón. De tarde realiza-se o contrarrelógio individual de oito quilómetros, que está marcado para a capital do concelho do Saviñao.

No domingo, o pelotão tem pela frente um traçado de 70 quilómetros com partida e chegada a Chantada.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS