VOLEIBOL

Vitória SC na I Divisão de Juniores B

O Vitória SC vai, em principio, disputar, na próxima temporada, a I Divisão do Campeonato Nacional de Juniores B (Sub-21) tanto em Masculinos, como em Femininos. A Federação Portuguesa de Voleibol anunciou esta terça-feira os moldes em que arranca o novo escalão, que tinha ficado suspenso com o surgimento da pandemia, e conta com algumas novidades e levanta algumas dúvidas.

Pelo esquema apresentado, que foi aprovado por unanimidade, mas sem adiantar o nome dos clubes e dar certezas, o Vitória SC assegura a presença no novo campeonato – Juniores B1 – tanto em Masculinos, em que já tinha assegurado a promoção ao novo campeonato, como em femininos, em que liderava a Série dos Últimos A, o que lhe permitia o acesso à fase final para o apuramento ao novo campeonato. De fora, pelo esquema apresentado, fica o AVC Famalicão, que na altura da interrupção era segundo classificado.

VITÓRIA SC NOS JUNIORES B1 MASCULINOS

Em masculinos,  o Juniores B1 arranca numa primeira fase com 10 equipas, as oito que participavam na série dos primeiros da segunda fase, e mais duas, a priori, as que lideravam as Séries dos Últimos, neste caso S.Mamede e Ginástica.

As cinco melhor classificadas disputam depois a Série dos Primeiros e as restantes a Série dos Últimos.

Apuram-se para a Fase Final os dois primeiros classificados, às quais se juntam os representantes dos Açores e Madeira. O vencedor sagra-se Campeão Nacional.

Na Série dos Últimos, as duas últimas classificadas descem aos Juniores B.

VITÓRIA SC NO JUNIORES B1 E AVC FAMALICÃO NO JUNIORES B

No Campeonato Juniores B1 Femininos, os moldes são muito idênticos. O Campeonato será composto por 12 equipas, as oito que participavam na Série dos Primeiros da segunda fase, mais as quatro equipas que lideram as Séries dos Últimos.

Neste caso, o Vitória SC garante a presença na I Divisão do Campeonato Nacional de Juniores B (Sub-21), já que liderava a Série A, enquanto o AVC Famalicão, segundo na Série B, fica de fora do novo Campeonato Nacional de Juniores B1.

Tal como no Campeonato Masculino, a prova disputa-se todos contra todos a duas voltas, com os seis primeiros classificados a seguirem para a Série dos Primeiros e as restantes equipas para a Série dos Últimos.

Apuram-se para a fase final as equipas classificadas em primeiro e segundo lugar, às quais se juntam os representantes dos Açores e Madeira. O vencedor sagra-se Campeão Nacional.

Na Série dos Últimos, baixam de escalão os dois últimos classificados.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS