Sem categoria

João Cruz, Carlos Pinheiro e Rui Palma (Moto Galos) correm no Estoril

João Cruz e Carlos Pinheiro, do Moto Galos, e Rui Palma, em representação da parceria Team Moto Galos/Clube Motorizado do Troço, marcaram presença no arranque do Campeonato Nacional de Velocidade 2020, que se realizou no Circuito do Estoril no fim de semana.

O Circuito do Estoril foi o primeiro traçado europeu a receber uma competição de desporto motorizado após a pandemia da Covid-19. A competição decorreu sem público nas bancadas e no ‘paddock’ e com várias medidas de segurança e restrições, em harmonia com as regras de distanciamento e proteção emanadas pela Direção-Geral da Saúde.

O Moto Galos marcou presença na Copa Dunlop Motoval com João Cruz e Carlos Pinheiro e ainda Rui Palma, em representação da parceria Team Moto Galos/Clube Motorizado do Troço. Nelson Cruz não participou por ainda estar a recuperar de uma lesão sofrida nos treinos de dezembro.

Na primeira jornada pós-Covid-19, na classe 1 (motos -850cc), João Cruz, aos comandos da sua Kawasaki 636, foi oitavo classificado na primeira ronda e sétimo na segunda. Carlos Pinheiro (Kawasaki 636) fez nono na corrida inicial e em oitavo na segunda. Venceu a prova, nesta categoria, Henrique Gouveia (Yamaha R6).

Já na classe 2 (motos +850cc), Rui Palma estreou-se numa Ducati Panigale V4. Ainda a habituar-se à moto conseguiu a terceiro posição na corrida de sábado, menos sorte teve no domingo ao ser atingido por um piloto em queda e acabou por cair também, não terminando o desafio. Christophe Lajouanie (BMW S1000RR) ocupa a liderança.

O Campeonato Nacional de Velocidade 2020 prossegue de 19 a 21 de junho, no Autódromo Internacional de Portimão, no Algarve.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS