CICLISMO

João Salgado esperançado no regresso das corridas

João Salgado (JVperfis – Gondomar Cultural) está esperançado no regresso das competições velocipédicas. O ciclista de Guimarães ambiciona lutar ainda por uma boa classificação nos Campeonatos Nacionais e estrear-se na Volta a Portugal do Futuro.

João Salgado, que está em recuperação de uma intervenção cirúrgica, até teve um arranque de época razoável… “acho que posso fazer um balanço positivo. Tanto eu como a equipa cumprimos aquilo que estava planeado”.

Entretanto, surgiu a pandemia e todas as competições foram suspensas e os treinos sujeitos a restrições: “graças à autorização que tinha, fui mantendo o meu plano de treinos. Saia sempre que possível, mas evitava sair tantas vezes e de fazer os percursos mais longo. Fiz bastantes rolos. Nos dias de mau tempo nunca saia, para evitar quedas e outras doenças”.

REGRESSO AOS TREINOS NORMAIS

Com o levantamento das restrições, João Salgado começou a treinar normalmente: “já estava a treinar normal. Sozinho ou com um colega, mas já era assim anteriormente”.

Durante este período o que custou mais? “Principalmente, estar a treinar sem saber para quê. Sem saber se ainda haveria corridas este ano e quando se poderiam realizar”.

“As coisas agora estão melhores e já se vê uma luz ao fundo do túnel e saber que, em princípio, vamos ter corridas traz outra motivação”.

Entretanto, surgiu a intervenção cirúrgica… “eu já estava a contar com esta pequena paragem. Poderia ter sido mais cedo um pouco, mas não calhou muito mal. Vou estar parado algum tempo e ainda vou a tempo de me preparar para o arranque das provas, se elas se confirmarem”.

CAMPEONATOS NACIONAIS E VOLTA A PORTUGAL DO FUTURO

Quanto aos objetivos para o que pode ser a curta época de 2020, João Salgado garante que “os campeonatos nacionais são sempre uma prova na qual quero estar o melhor possível”, e adiantou: “a par disso este ano seria a minha primeira Volta a Portugal do Futuro e era uma prova em que também estar bem. Vamos ver se se realiza”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS