Sem categoria

Póvoa de Lanhoso reabre Campos de Ténis

Os Campos de Ténis Municipais da Póvoa de Lanhoso reabrem amanhã. A decisão foi tomada pelo Município depois ter sido autorizado a utilização dos campos de ténis e após consulta do Plano de Retoma da Federação Portuguesa de Ténis, de instituições reguladoras e da consulta das diretrizes da Direção Geral de Saúde (DGS).

Assim, o Município da Póvoa de Lanhoso decidiu reabrir os campos de ténis de utilização ao ar livre, elaborando um documento orientador para a sua reabertura, em segurança, depois da interrupção involuntária devido à Covid-19.

“Pretendemos reabrir esta instalação em segurança, contudo, o mais importante é salvaguardar a vida e a saúde dos e das atletas e utilizadores/as pelo que não devem ser corridos riscos e devem ser disciplinarmente cumpridas as regras definidas pelas autoridades nacionais de saúde”, referiu Avelino Silva, Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

O Município da Póvoa de Lanhoso elaborou um documento com as medidas gerais de segurança para complementar as recomendações da autoridade de saúde de modo a que todos e todas os/as atletas e as pessoas utilizadoras tenham confiança na utilização deste equipamento desportivo.

De referir que uma das condições refere-se ao número limite de dois atletas por campo de ténis em utilização livre e o limite de quatro atletas por campo de ténis por aula/treino e um/a treinador/a por court bem como o encerramento dos balneários.

A disponibilização de desinfetante em cada campo de ténis é outras das diversas medidas destinadas a assegurar segurança e proteção de todos/as para além de outras ligadas à higienização dos espaços e da circulação no seu interior, por exemplo.

Todas as medidas constam do Plano de Reabertura dos Campos de Ténis Municipais, que pode ser consultado em www.povoadelanhoso.pt.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS