BASQUETEBOL

CB Viana ambiciona subir à I Divisão

O CB Viana está apostado em subir à I Divisão masculina de basquetebol. A equipa treinada por Jorge Resende assegurou a presença na segunda fase do Campeonato Nacional da II Divisão e está preparado para lutar pelo tão desejado sonho.

“Nós não começamos bem a segunda fase, perdemos no recinto do Aroso, mas foi um jogo em que estivemos muito desfalcados. Seja como for esse resultado não beliscou as nossas ambições, nós queremos subir à I Divisão”, começou por referir Jorge Resende, treinador do Clube Basquete de Viana.

JORGE RESENDE: “QUEREMOS JOGAR NA I DIVISÃO”

Jorge Resende lembrou que “frente ao Aroso estivemos mal em alguns aspetos do jogo, mas também não contamos com a totalidade da equipa, porque tinha três jogadores lesionados. Também não pude contar os Juniores, que nesse dia tinham jogo”.

“Depois de recuperar os atletas lesionados, com certeza que voltaremos a ficar fortes e estaremos em condições de lutar pelas nossas aspirações”, referiu Jorge Resende, que salientou que “nós queremos jogar na I Divisão, temos todas as condições para lutar por esse objetivo. Agora é esperar que esta pandemia passe para retomarmos os trabalhos normais e a competição”.

 “FC GAIA TEM UMA EQUIPA MUITO FORTE”

Sobre a série em que o CB Viana ficou – Zona Norte B -, o treinador do CB Viana garantiu que “pela observação que fiz das equipas, parece-me que a mais forte é o FC Gaia. Na primeira fase ganharam os jogos todos. Tem uma equipa muito forte. Por aquilo que vi parece-me que é uma equipa com a qual podemos competir”.

“ACREDITO QUE VAMOS PODER ACABAR OS CAMPEONATOS”

De referir que apenas o vencedor de cada série sobe à I Divisão e, portanto, “temos que estar preparados para quando reatar a competição podermos atacar a subida”, referiu Jorge Resende, que sobre as competições adiantou: “vamos aguardar as decisões. Para já tudo se mantém parado, mas acredito que vamos poder acabar os campeonatos. Aliás, acho preferível que se faça uma reformulação dos calendários, nem que tenhamos que fazer jornadas duplas ao fim de semana, do que se decidir de outra forma quem sobe e quem desce”.

“Para já há diferentes opiniões de como se vai resolver tudo, também depende um bocado do tempo que as competições vão estar paradas. Vamos ver como tudo se resolve. O importante agora é que esta pandemia seja ultrapassada, que todos fiquem bem e depois resolvemos a questão da competição”.

Com toda as competições suspensas até ao final do mês de abril, o CB Viana mantem-se esperançado “na conclusão do campeonato. Em junho e julho podemos disputar as jornadas que faltam. Fazer jornadas duplas não é uma novidade no basquetebol e isso daria uma maior veracidade ao campeonato. Nós, por norma, treinamos mais umas semanas depois da época finalizada e começamos a nova época em finais de agosto, portanto, não seria uma novidade para nós”.

ATLETAS TREINAM EM CASA

Enquanto a competição e os treinos em grupo estão suspensos, os atletas do CB Viana vão trabalhando de casa: “os atletas estão a treinar em casa. Correm, lançam umas bolas, mantêm-se ativos. Aliás é um grupo que já tem uma certa preocupação em se manter ativos durante todo o ano. Por isso, nesta altura eles sabem bem como se manter em forma para quando regressar a competição. Nós vamos mantendo o contacto, vamos conversando e trocando ideias sobre o que se está a passar. Todos os atletas estão com vontade de voltar aos jogos”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS