NATAÇÃO

José Paulo Lopes (SC Braga) vence com melhor marca dos Campeonatos

José Paulo Lopes, nadador do SC Braga, sagrou-se este domingo Campeão Nacional dos 5000m Livres com a melhor marca dos Campeonatos Nacionais de Longa Distância.

O nadador do SC Braga levou ao rubro todos quantos se deslocaram às Piscinas Municipais da Póvoa de Varzim ao percorrer os 5000m em 54:08:64m, deixando o segundo classificado a mais de 50s.

Na prova feminina Tamila Holub (SC Braga) concluiu os 5000m na segunda posição, com o tempo de 57:50.19m.

Diana Durães, fafense que representa o Benfica, sagrou-se Campeã Nacional, tendo obtido ainda a melhor marca dos Campeonatos.

DANIEL CARVALHO TERCEIRO EM JUNIORES

Daniel Carvalho também esteve em destaque no Campeonato Nacional de Longa Distância, que se realizou esta manhã na Póvoa de Varzim.

O nadador do SC Braga foi terceiro na categoria de Juniores, tendo percorrido os 5000m em 58:28.12.

SC BRAGA VENCE POR EQUIPAS

O SC Braga sagrou-se Campeão Nacional de Águas Abertas de Longa Distância, durante os Campeonatos Nacionais que decorreram esta manhã nas Piscinas Municipais da Póvoa de Varzim.

O conjunto bracarense totalizou 41 pontos, mais 20 que o segundo classificado, o Ba – Leiria. De referir que o SC Braga se fez representar nesta competição com sete nadadores, tendo conquistado dois títulos de Campeão Nacional (José Paulo Lopes e João Carlos Carvalho), um segundo lugar (Tamila Holub) e dois terceiros (Daniel Carvalho e João Sousa).

Luís Cameira, treinador do SC Braga, não podia estar mais satisfeito com os resultados obtidos na Póvoa de Varzim.

“Estamos muito satisfeitos. Esta participação ultrapassou todas as expetativas. Para primeira experiência foi muito bom! Saímos destes campeonatos com dois títulos nacionais, cinco medalhas e o primeiro lugar por equipas”, referiu aquele treinador.

De salientar que Dinis Gonçalves terminou os 3000m na quinta posição e ainda conseguiu pontuar para a equipa.

O GDN Famalicão concluiu o Campeonato Nacional na sétima posição, com 15 pontos.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS