CICLISMO

João Matias e Iúri Leitão no Mundial de Pista

João Matias e Iúri Leitão viram confirmada a chamada para integrar a Seleção Nacional que vai participar Campeonato Mundial de Pista, em Berlim, Alemanha, de 26 de fevereiro a 1 de março.

Esta é a última corrida pontuável para o apuramento olímpico e a Seleção Nacional vai lutar pela presença masculina em Tóquio, já que a qualificação feminina está assegurada em omnium.

João Matias ciclista de Barcelos que representa a Aviludo-Louletano e Iúri Leitão, ciclista de Viana do Castelo que alinha pelos Supermercados Froiz, marcaram presença na maior parte das provas de Pista (Taça do Mundo e Troféus Internacionais), tendo contribuído para a presença de Portugal no Campeonato do Mundo. Por isso, já era de esperar a chamada dos dois atletas, mas hoje o selecionador nacional, Gabriel Mendes, divulgou a convocatória, confirmando a presença de dois dos melhores ciclistas da disciplina no Mundial. Juntam-se a João Matias e Iúri Leitão, Ivo Oliveira (UAE Team Emirates) e Maria Martins (Drops).

Portugal tem como missão tentar assegurar a presença nos Jogos Olímpicos. A Seleção chega ao Campeonato do Mundo fora dos lugares de qualificação. Em omnium tem de subir dois lugares no ranking para alcançar Tóquio, o que implica fazer melhor do que o 15.º posto, desde que o Cazaquistão e o Canadá não pontuem. Ou seja, Portugal necessita de um lugar que permita ao país somar mais 200 pontos do que o Cazaquistão e mais 245 do que o Canadá.

Em madison, cuja qualificação automaticamente apura para omnium, Portugal precisa de ganhar uma posição no ranking, tendo Hong Kong como adversário direto. A dupla nacional necessita de um resultado que garanta mais 480 pontos do que os asiáticos. Ou seja, pelo menos 14.º se Hong Kong não pontuar.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS