BASQUETEBOL

Nove minhotas na Seleção Nacional de Sub-16

São nove as basquetebolistas minhotas convocadas para participar no primeiro estágio da Seleção Nacional de Sub-16 feminina de Basquetebol, que vai decorrer em Pombal entre os dias 21 e 23 de maio.

Do lote das atletas minhotas destaca-se Ana Pinheiro, atleta do SC Braga que faz parte do CAR da FPB. A jovem basquetebolista dividiu-se, na última temporada, com apenas 14 anos, entre as Sub-16, em que foi Vice-Campeã Distrital, e as Sub-19 do SC Braga, tendo-se sagrado Campeã Distrital.

Convocada para este primeiro estágio de 2021 foi ainda convocada outra atleta do SC Braga, Mafalda Cunha.

BEATRIZ OLIVEIRA E MARIA BRUNO TAMBÉM PRESENTES

Beatriz Oliveira, atleta do Maria da Fonte, é outra das atletas em destaque na convocatória. A basquetebolista, ainda no seu primeiro ano de Sub-16, sagrou-se Campeã Distrital da categoria, numa prova disputada na Póvoa de Lanhoso. A atleta chegou a ser chamada algumas vezes à equipa de Sub-19.

Também Maria Bruno, do Vitória SC, marcou presença na Final Four de Sub-16 que se realizou na Póvoa de Lanhoso em finais de 2019, esteve em destaque e foi chamada aos treinos de observação de Sub-14 e volta agora a merecer as atenções da equipa técnica nacional,

BC LIMIENSE COM CINCO ATLETAS CONVOCADAS

O BC Limiense (ABVC) é, entretanto, o clube que mais atletas cede a este primeiro estágio. O conjunto de Ponte de Lima viu convocadas cinco atletas: Vitória Dias, Matilde Brito, Maria Pinto, Mara Pimenta e Laura Esteves.

O estágio vai ser acompanhado pela selecionadora Mariyana Kostourkova e os treinadores-adjuntos João Janeiro e André Janicas, os treinadores da equipa técnica nacional Fátima Freitas Silva e os treinadores convidados Ana Fonseca, Irina Ferreira, João Dias, Mafalda Borges, Margarida Pereira, Xavier Silva

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS