VOLEIBOL

AD Esposende com “regresso muito bom”

“O regresso foi muito bom” foi assim que Rui Pedro Ribeiro, treinador da equipa Sénior Feminina de Voleibol da Associação Desportiva de Esposende, classificou o regresso da equipa aos treinos no pavilhão.

Rui Pedro Ribeiro salientou que “a verdade é que as pessoas sentem falta de regressar às rotinas. No nosso caso o Voleibol é um excelente escape para a ‘guerra’ do dia a dia”.

Nestas primeiras semanas ainda nem todas as atletas regressaram, mas o responsável pelo Voleibol na ADE acredita que, com o tempo, todas regressem… “vamos esperar que aos poucos consigamos reunir todo o plantel”.

“VAMOS DAR OPORTUNIDADE ÀS ATLETAS DA FORMAÇÃO”

A AD Esposende milita no Campeonato Nacional da III Divisão Zona Norte B, que é organizada pela Associação de Voleibol de Braga e que arranca já no próximo fim de semana. Sem grandes ambições de seguir para a segunda fase, o clube de Esposende quer aproveitar a prova evoluir.

“Eu não chamaria ‘campeonato’ ao que falta jogar… chamaria uns treinos competitivos. Neste momento vamos dar oportunidade às atletas da nossa formação, muitas delas ainda com pouca experiência de competição sénior. Mas com a ausência de umas surgem oportunidades para outras e a possibilidade de crescimento e evolução competitiva. A nossa série apresenta um nível competitivo muito interessante, com atletas experientes e que colocam desafios ‘fora da caixa’ às nossas atletas mais jovens!”, disse Rui Pedro Ribeiro.

O treinador da AD Esposende referiu que “neste momento, as nossas atletas precisam de muito jogo porque apesar de competirem num escalão sénior, boa parte estão ainda em processo de formação”.

A Associação Desportiva de Esposende regressa à competição no próximo dia oito de maio, com uma deslocação ao recinto do AVC Famalicão.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS