CICLISMO

João Martins (CC Barcelos) e Seissa vencem GP Capital do Móvel

João Martins, do CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor, e a Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact foram os grandes vencedores do II Grande Prémio de Ciclismo Capital do Móvel – Manuel Cardoso, prova que abriu a época para a Categoria de Cadetes e é pontuável da Taça de Portugal – Zona A.

João Martins, do CC Barcelos, que já na semana passada tinha feito uma excelente prova na abertura da época de BTT XCO, impôs-se na reta da meta a um grupo de 20 ciclistas, cortando a meta ao fim de 01:54.45m numa prova disputada em circuito com um total de 66 quilómetros.

Na segunda posição ficou outro ciclismo minhoto: Bruno Lopes (Seissa), enquanto José Moreira (Silva&Silva/ADRAP/Sentir Penafiel) fechou o pódio. Gabriel Baptista, da Seissa, cortou a meta na quarta posição.

Samuel Martins, da Tensai/Sambiental/Santa Marta, cortou a meta no quinto lugar e o seu colega de equipa Daniel Moreira foi sétimo.

No Top20 ficaram ainda mais três ciclistas minhotos: Gonçalo Silva (Seissa) foi 11.º, Rodrigo Neves (CC Barcelos) 16.º e Rodrigo Rodrigues (Seissa), 18.º.

Uma palavra ainda para Francisco Martins, CC Barcelos, que foi 24.º a 30s do venvedor; Leonardo Neves (CC Barcelos) terminou em 25.º; Rúben Benedito (Tensai) fez 26.º lugar e Diogo Miranda (Seissa) terminou em 28.º.

Por equipas, a Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact foi a grande vencedora desta primeira prova do ano de Cadetes. A equipa de Barcelos realizou o tempo de 05:44:15h, deixando na segund aposição a Silva&Silva/ADRAP/Sentir Penafiel, enquanto a Academia de Ciclismo de Paredes terminou em terceiro.

O CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor concluiu a prova de Paços de Ferreira na sexta posição, enquanto a Tensai/Sambiental/Santa Marta foi terceira.

JOÃO MARTINS: “PROVA CORREU BEM”

João Martins, do CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor, foi o grande vencedor da primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Cadetes – Zona A. O ciclista teve uma corrida atribulada, mas foi o mais rápido no sprint final, assegurando a vitória…

“A prova correu bem e a vitória foi muito saborosa”, disse João Martins, que considerou que “a prova não foi muito dura, mas o estado do tempo não ajudou e houve várias quedas”.

Quanto à corrida lembrou que “consegui ir buscar alguns ataques, mas foi mais um trabalho de equipa”.

Questionado sobre quando sentiu que podia ganhar a corrida, o jovem ciclista do CC Barcelos salientou que “na verdade nunca senti que poderia ganhar a corrida” e explicou: “a duas rotundas da meta enganei-me e em vez de virar, segui em frente. Depois tive que andar para trás e ir buscar tudo até ao sprint final”.

HÉLDER BRAGA (SEISSA): “FICAM OS MUITO SATISFEITOS”

Hélder Braga, diretor desportivo da Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact”, mostrou-se bastante satisfeito com a atitude da sua equipa nesta primeira prova da época de Cadetes.

“Ficamos muito satisfeitos com a atitude dos nossos alunos nesta competição, conseguimos estar na discussão da prova que era o principal objetivo e ainda conseguimos conquistar o primeiro lugar da classificação coletiva”, começou por afirmar Hélder Braga, que referiu que “apesar das dificuldades meteorológicas e de algumas quedas à mistura, foi uma boa manhã de ciclismo e de aprendizagem, por isso, estão todos de parabéns”.

O diretor desportivo da Seissa explicou que “tivemos dois miúdos que foram para a ambulância devido a quedas, mas não foi nada de grave”.

Para Hélder Braga a equipa deu boas indicações para a época que arrancou hoje, mas salienta que “o objetivo principal é a aprendizagem, os resultados finais acontecem com naturalidade e sem pressão”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS