CICLISMO

Joana Monteiro e AXPO terminam em segundo

Joana Monteiro, ciclista de Famalicão que alinha na AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, foi segunda classificada na prova de Elites do 7.º BTT XCO de Melgaço, que se realizou domingo na vila mais a norte de Portugal.

Numa prova que contou com cerca de 20 atletas de Elites e Sub-23, Joana Monteiro cortou a meta na segunda posição, gastando 01:13:29m para fazer as quatro voltas do percurso. Joana Monteiro gastou mais cinco minutos que a vencedor, a vilacondense Raquel Queirós, do Guilhabreu BTT.

Em Elites de realçar ainda o quinto lugar da vimaranense Ilda Pereira (Casa Myzé Team), enquanto Marta Branco foi décima. Joana Santos (Tomatubikers/Toyota-Macedo&Macedo) foi 16.ª.

MARTA BRANCO ÀS PORTAS DO PÓDIO EM SUB-23

Marta Branco, ciclista de Guimarães que alinha na AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, ficou às portas do pódio em Sub-23. A atleta vimaranense realizou o tempo de 01:23:22h, ficando a 15m da vencedora, Raquel Queirós.

Joana Santos, da equipa famalicense da Tomatubikers, foi oitava na prova de Sub-23.

MIGUEL SIMÕES E RUI RÊGO NO TOP10 EM SUB-23

Miguel Simões, ciclista de Famalicão que alinha no Lobos Averomar BTT, e Rui Rêgo, uma das ‘caras novas’ do MonçãoBike/ LusoPrint/ Bombos S. Sebastião, terminaram a prova de Sub-23 no Top10.

Miguel Simões cortou a meta na sétima posição, enquanto Rui Rêgo foi oitavo.

Carlos Viana, da Casa Myzé Team, concluiu a corrida na 12.ª posição, João José Azevedo (Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo) foi 18.º, Lucas Braga (BTT Braguinhas/Padim da Graça) terminou em 21.º. e Pedro Vilela (SAERTEX Portugal / Edaetech) em 26.º.

Mário Costa, da AXPO/FirsbBike Team/Vila do Conde, dominou a prova de Elites masculinos. O ciclista do clube de Vila de Conde esteve na frente da corrida da primeira à última volta e cortou a meta ao fim de 01:26:03 minutos de prova.

Na segunda posição ficou David Rosa (Individual), que gastou mais 16s que Mário Costa. Roberto Ferreira (DMT Racing Team) fechou o pódio.

Carlos Cruz, da SAERTEX Portugal – Edaetech, foi o melhor ciclista minhoto, ao cortar a meta no 23.º lugar.

AXPO SEGUNDA NA CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS

A AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, equipa que conta com vários ciclistas minhotos, terminou a primeira prova do ano na segunda posição, somando mais um ponto que a Guilhabreu BTT.

Mário Costa, responsável pela equipa de Vila do Conde, fez um balanço positivo da participação da sua equipa…

“Fazer segundo lugar na primeira prova do ano foi muito positivo. Os atletas estiveram muito bem. Alguns fizeram aqui a primeira prova do ano, ao contrário de outros que já participaram em várias competições em Espanha. Arrancarmos a época com uma prova nacional, a contar para a Taça de Portugal, sem uma prova regional, não é, de todo, a situação preferível e criou muitas desigualdades”, referiu aquele responsável.

Mário Costa salientou que “nós só tivemos autorização para levar dois atletas a algumas provas em Espanha, enquanto outros participaram em várias provas e isso notou-se no ritmo competitivo dos atletas”.

A AXPO parte para a nova época: “como sempre para ganhar. Queremos ir o mais longe possível no Campeonato Nacional, da Taça de Portugal e em todas as provas em que participarmos. Temos uma equipa ganhadora e queremos obter resultados”. Outro dos objetivos da equipa de Vila do Conde “promover os atletas, ajuda-los a atingir os seus objetivos, conquistar pódios, títulos, chegarem à Seleção Nacional e às competições internacionais”.

Afirmando que “primeiro eles têm de ganhar, para depois ganhar o clube”, Mário Costa confessou que “neste momento estamos focados em tentar levar alguns atletas aos Jogos Olímpicos. O Mário Costa tem uma tarefa complicada para os próximos JO. A Joana Monteiro está na luta”, mas “para além de estarmos de olhos nos JO de Tóquio, estamos já a pensar no próximo ciclo olímpico, 2024…e tem que se começar a trabalhar já e trabalhar sempre e não deixar as coisas para os últimos dois anos como tem acontecido em Portugal”.

MÁRIO COSTA: “NÃO HÁ VITÓRIAS FÁCEIS”

Mário Costa, atleta da AXPO, dominou a prova de Elites, liderando a corrida da primeira à última volta… “Não há vitórias fáceis, mas o facto de andar na frente da primeira à última volta, acabou por tornar as coisas menos difíceis. Quem andou atrás teve mais dificuldades. Eu tive a oportunidade de fazer o reconhecimento do percurso antes da prova e, por isso, sabia da exigência da pista, as zonas técnicas e mais perigosas. A chuva da semana passada veio compactar o terreno o que veio acrescentar valor à pista”.

Raquel Queirós, que venceu a prova de Elites e Sub-23, começou por referir que “a prova correu muito bem. O meu objetivo era fazer uma prova consistente e penso que consegui. Agora estou focada nas Taças do Mundo, que se realizam já em maio. Uma palavra para a pista, que é muito boa, é das melhores a nível nacional”.

Fotos: ACM @by Eduardo Campos

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS