CICLISMO

Leonardo Mendes (Tensai): “vamos ver como corre no domingo”

“Não estou bem como eu gostava de estar, mas vamos ver como corre no domingo”, disse Leonardo Mendes, da Tensai/Sambiental/Santa Marta, a propósito da primeira prova da Taça de Portugal de Juniores, que se realiza domingo, no CAR da Anadia.

A prova, que se realiza em circuito e tem uma extensão de 98,8 quilómetros, marca o arranque da época de Juniores e conta para a Taça de Portugal. O ciclista de Viana do Castelo confessa que “não estou no meu melhor, comecei os treinos tarde com a ideia de que a época arrancaria mais tarde”, mas “vamos ver o que consigo fazer”.

Leonardo Mendes garante que “os treinos têm corrido bem”, mas “daí a fazer uma boa corrida… vai ser difícil. Não conheço o circuito, nem sei como estão os outros estão a andar. A minha ideia é dar tudo para ver se acabo a corrida”.

De resto “esta corrida serve para perceber em que ponto estou em relação aos outros. Depois é continuar a trabalhar e esperar ter mais corridas no futuro”.

“TREINO PORQUE GOSTO DA MODALIDADE”

Leonardo Mendes não se deixa desanimar pela incerteza, até porque faz Ciclismo porque gosta… “a incerteza com as provas mim não me afeta muito, apesar de correr ser bastante diferente de treinar. Eu não treino só para estar bem nas corridas, treino porque gosto da modalidade. Já a pratico há algum tempo e sempre a pratiquei porque gosto e nunca me vi obrigado a tal…”.

A Tensai/Sambiental/Santa Marta apresenta-se este ano com uma equipa bastante diferente. Roberto Cardoso e Diogo Costa subiram a Sub-23, Tiago Moreira suspendeu a atividade para seguir com os estudos e Leonardo Mendes é o único ‘sobrevivente’ da equipa do ano passado e vai correr ao lado dos ex-Cadetes Flávio Martins e Tiago Martins…

“A mudança na equipa afeta um pouco, apesar de no ano passado sermos poucos, tal como este ano, mas eu era o mais novo e os outros ajudavam-me mais a evoluir”, disse Leonardo Mendes, que confessa-se “ansioso por regressar à competição. Foi muito tempo sem correr e ainda por cima, sinto, que estou mal preparado”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS