CICLISMO

Lucas Braga “vou tentar fazer o melhor resultado possível”

“Não vai ser uma prova muito fácil, pois conta para a Taça de Portugal e vão estar lá os melhores a nível nacional, mas vou dar o meu melhor e tentar fazer o melhor resultado possível” foi assim que Lucas Braga, ciclista de Barcelos que alinha no BTT Braguinhas/Padim da Graça, abordou o 7.º BTT XCO de Melgaço, prova internacional C2 pontuável para a Taça de Portugal e para o Campeonato do Minho de BTT XCO – POPP Design, que se realiza no fim de semana na Pista Permanente de BTT XCO de Melgaço.

Lucas Braga regressa domingo à competição, mais de um ano depois da última corrida e confessa-se “ansioso por regressar à pista, mas também um pouco nervoso”.

O ciclista de Barcelos garante que “os treinos estão a correr muito bem”, mas referiu que “ainda não estou preparado para estar a discutir a corrida porque só comecei a trabalhar dois meses e tenho que ir com calma”.

De resto, o BTT XCO de Melgaço marca não só o regresso à competição de Lucas Braga, mas também a sua estreia num novo escalão… “vai ser a minha estreia como Sub-23 com tudo o que isso acarreta. Os percursos serão diferentes daqueles que fiz em 2019, como Júnior de primeiro ano, mais longos, mais complicados”, mas “lá estarei para fazer o meu melhor e ir evoluindo com as corridas e os treinos”.

O BTT Braguinhas/Padim da Graça estará ainda presente com João Braga (Sub-23), o Cadete Dinis Vieira e os Master Cláudio Veloso, Rui Taveira, Sérgio Magalhães, Alexandre Ribeiro e José Lopes.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS