VOLEIBOL

SC Braga vence Vitória SC e mantém-se na luta pela manutenção

O SC Braga recebeu e venceu, esta tarde, o Vitória SC, por 3-0, no ‘derby’ minhoto da sétima jornada da Série dos Últimos do Campeonato Nacional da I Divisão feminina de Voleibol.

Num jogo de extrema importância para as bracarenses, em que era imperioso vencer para manter acesa a esperança na manutenção, o conjunto de Carlos Dias não falhou e somou a sua segunda vitória do campeonato.

O jogo começou bastante disputado, com o Vitória SC, mais tranquilo, a entrar melhor no jogo (0-4; 1-5), mas as bracarenses responderam, equilibraram a partida e assistiu-se a alguma alternância no marcador (5-6; 9-7; 9-10).

O SC Braga, a precisar de vencer, assumiu então as despesas do jogo e foi-se distanciando no marcador (14-10; 16-12; 19-13; 20-15; 21-17). O Vitória SC tentou responder, mas as bracarenses conseguiram vencer o set por 25-21.

O segundo set foi muito equilibrado e com alguma alternância no marcador, até aos 13-13. A partir daí o SC Braga esteve melhor e ganhou por 25-16.

O terceiro set foi igualmente equilibrado, com as duas equipas a disputarem os pontos. O SC Braga teve alguma ascendência e chegou aos 22-17. O Vitória SC respondeu e conseguiu chegar aos 22-21, mas nos momentos finais o conjunto da casa esteve melhor e conseguiu vencer o set, 25-22, e fechar o jogo, 3-0.

Com este resultado, o SC Braga, que continua nos lugares de despromoção, mantem-se na luta pela permanência na I Divisão quando faltam disputar três jornadas. Pela frente o SC Braga tem o Boavista, Belenenses e Ginásio Vilacondense.

O Vitória SC ocupa uma posição mais confortável, pois soma quatro vitórias em sete jogos já realizados. Nas três jornadas finais defronta o Vilacondense, Boavista e Castêlo da Maia.

RESULTADOS

SC Braga – Vitória SC, 3-0 (25-21; 25-16; 25-22)

Belenenses – Vilacondense, 0-3 (17-25; 21-25; 16-25)

Boavista – Castêlo da Maia, 3-0 (25-20; 25-14; 25-18)

Fotos: SCB

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS