CANOAGEM

Prado, Ponte de Lima, Gemeses e Vizela palcos de provas nacionais

Prado, Ponte de Lima, Gemeses e Vizela são palcos, este ano, de provas nacionais das mais variadas vertentes da canoagem.

Assim, Prado é o primeiro a entrar em ação, recebendo a 12 e 13 de junho, o Campeonato Nacional de Maratonas.

Na época passada, e apesar de todas as restrições, a prova realizou-se no CAR de Montemor-o-Velho, com o CN Prado a revalidar o título de Campeão Nacional de Maratonas. Maria Gomes, Francisca Martins, Ana Afonso, Silvestre Ferreira e José Ramalho conquistaram também o título nacional.

PONTE LIMA RECEBE ‘NACIONAL’ DE ESPERANÇAS

Numa época que arranca já este mês, com a realização da Taça de Portugal de Regatas em Linha – dias 24 e 25 no CAR de Montemor-o-Velho -, o Minho volta a ser o centro das atenções no dia 27 de junho, com a realização do Campeonato Nacional de Esperanças em Ponte de Lima. Em 2020, o Clube Náutico de Ponte de Lima foi terceiro classificado numa prova em que viu Beatriz Fernandes e Rui Sá conquistar o título nacional.

FINAL NACIONAL DAS PRIMEIRAS PAGAIADAS EM GEMESES

Em setembro as atenções viram-se para Gemeses, com o GCDR Gemeses a organizar a Final Nacional das Primeiras Pagaiadas, prova marcada para os dias 11 e 12 de setembro. O conjunto de Gemeses terminou em terceiro na prova de 2020, tendo visto João Marques Sá, Mariana Marinha, Mariana Marques subido ao mais alto lugar do pódio.

VIZELA RECEBE ‘NACIONAL’ DE SLALOM

Vizela encerra o ciclo de provas nacionais no Minho, ao receber a 11 e 12 de dezembro o Campeonato Nacional de Slalom.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS