CANOAGEM

Artur Pereira aspira ao apuramento para Jogos Olímpicos

Artur Pereira, canoísta da zona de Esposende, ‘sonha’ com o apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que se realizam entre 23 de julho e oito de agosto, no Japão.

O canoísta esposendense está selecionado para participar na seletiva interna para o Apuramento Olímpico em K1 200 e está determinado em dar o seu melhor para tentar chegar ao JO.

“Dia 23 de abril será a seletiva interna para selecionar o atleta português que irá disputar a única vaga olímpica que resta para o K1 200, na qual eu estou selecionado. Sendo essa a única ‘porta aberta’ para entrar em Tóquio e, apesar de ser uma ‘passagem estreita’, onde apenas passa um atleta, pode acontecer.  Portanto é para onde canalizo toda a preparação!”, disse Artur Pereira.

Falta menos de um mês para a seletiva da seleção, como te encontras? Ansioso? Nervosos? “Na minha opinião, a ansiedade faz parte do atleta, mas não estou ‘nervoso’, já tenho muitas competições na pele e com a experiência adaptamo-nos a sentimentos que nos possam prejudicar. Estou de consciência tranquila, sinto-me bem preparado. É só ir lá fazer aquilo que faço todos os dias e esperar por um dia bom! “.

Artur Pereira continua a treinar em Fão, de forma mais isolada devido ao momento que se vive, mas garante que a preparação está a correr bem.

“ESTOU COM BOAS SENSAÇÕES E MOTIVADO”

“Penso que está época é um pouco igual ao final da passada! Treinos mais isolados, adaptações no treino de força porque o ginásio das Piscinas Foz do Cávado, onde, normalmente, treino esta fechado! É outra época onde temos que contornar mais obstáculos. Fora isso estou com boas sensações, motivado e sempre com vontade de ser melhor. O corpo está a responder bem aos estímulos de treino e isso faz com que sinta que estou no melhor ‘Artur Pereira’ de sempre!”.

O confinamento e a incerteza quanto as competições desmotivam-te? Têm-te impedido, de alguma forma, de fazeres a tua preparação? “Já ultrapassamos a fase de adaptação, tivemos um ano 2020 que nos preparou para isto. Obviamente que existem mais obstáculos na preparação, mas temos de contorná-los e fazer o melhor que conseguirmos”.

O canoísta da zona de Esposende sente saudades das competições, mas considera que hoje em dia já se consegue preparar bem uma competição com a exigência da seletiva de abril… “Não ter competições não tem que ser um fator negativo. Temos tempos de referência, treinamos com GPS e medidores de velocidade que nos fazem saber em que nível nos encontrarmos. Competir faz parte do ADN do atleta, mas temos de respeitar as medidas impostas pela Direção-Geral de Saúde e aplicar-nos na verdadeira competição que é a Saúde”.

REGRESSO ÀS COMPETIÇÕES

Abril marca o regresso das competições de canoagem. Nos dias 24 e 25 realiza-se a Taça de Portugal de Regatas em Linha, mas Artur Pereira salienta que “a Taça de Portugal é no dia seguinte à seletiva e, honestamente, não é uma prova para a qual me estou a preparar por ser tão perto da seletiva interna, mas espero encontrar-me bem !”.

Artur Pereira terminou o seu contrato com o Sporting em dezembro último e está desde então – assim como todos os atletas que faziam parte da equipa do Sporting – sem clube…”De momento não está nada definido. Saber esperar é uma virtude, pois acredito que o futuro reserva boas surpresas para a nossa equipa”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS