VOLEIBOL

Nuno Teixeira (AVB) no Torneio WEVZA

Nuno Teixeira, árbitro da Associação de Voleibol de Braga, integra a equipa de arbitragem no Torneio WEVZA, que se realiza em Vibo Valentia, entre os dias 31 de março e quatro de abril.

O árbitro famalicense prepara-se assim para regressar às competições internacionais depois de ter visto vários jogos e convocatórias suspensas devido à pandemia do Covid-19.

“É sempre muito positivo sermos chamados para dirigir jogos internacionais ou de Seleções, ainda por cima num ano tão atípico como o que vivemos”, começou por referir Nuno Teixeira, que lembrou que “o final da época passada ficam marcados pela incerteza e pela falta de competições. O ano passado estava nomeado para três jogos internacionais e de apuramento para o Europeu de Sub-21, que acabaram por ser suspensos. Já este ano fui convocado para dois jogos, que também foram suspensos e as competições reformuladas. É a realidade que vivemos hoje”.

“SER CHAMADO PARA O PRIMEIRO TORNEIO DO ANO É IMPORTANTE E GRATIFICANTE”

Nuno Teixeira, que foi o primeiro árbitro português a acompanhar o Torneio WEVZA, explicou que “todas as comitivas têm de se fazer acompanhar por um árbitro do seu país e desde o ano passado que a CEV exigiu que os árbitros têm de ser internacionais, até porque este torneio é de apuramento para o Campeonato da Europa. Nesse sentido a FPV convoca alternadamente os árbitros para acompanhar as diferentes Seleções”. Claro que “ser chamado para o primeiro torneio do ano, com todas as condicionantes e contrariedades que a modalidade, nomeadamente, os escalões de formação estão a viver, é muito importante e gratificante”.

Nuno Teixeira vai acompanhar a Seleção Nacional de Sub-17 masculinos, mas não vai dirigir os jogos do Grupo B, onde está inserido Portugal. O árbitro da Associação de Voleibol de Braga vai integrar as equipas de arbitragem do Grupo A, onde estão a França, Bélgica e Holanda. De referir que no Grupo B é composto por Portugal, Itália, Alemanha e Espanha.

“TENTO ESTAR SEMPRE PREPARADO E DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL”

Interrogado sobre se está preparado para a primeira prova internacional do ano, Nuno Teixeira referiu que “tento estar sempre preparado e da melhor maneira possível”. De resto, Nuno Teixeira tem marcado presença nos jogos do Campeonato Nacional da I Divisão. No fim de semana esteve no play-off da luta pelo título ao SC Espinho, e amanhã marca presença no Leixões-Sporting, do play-off da Divisão de Elite femininos… “estamos numa fase exigente do campeonato e, portanto, temos de estar o melhor possível. Por isso, acho que me encontro preparado para o Torneio WEVZA, que este ano vai ser diferente devido a todos os condicionalismos”.

Afirmando que “já tenho alguma experiência de competição”, Nuno Teixeira confessa que “tenho uma ponta de ansiedade, o que é bom e nos ajuda a estar concentrados e atentos, a prepararmo-nos o melhor possível para o jogo. Mas é uma ansiedade que desaparece com o apito inicial e não há qualquer nervosismo”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS