BASQUETEBOL

SC Braga ansioso por regressar à competição

O SC Braga está ansioso por regressar à competição. A equipa treinada por Luís Pinto tem-se mantido ativa e aguarda pacientemente o regresso aos treinos em conjunto e no pavilhão – apenas permitidos a partir de 18 de abril – e sempre com os olhos postos na subida ao Campeonato Nacional da I Divisão feminina de Basquetebol.

“As seniores femininas estão com uma expectativa alta do regresso às competições, isto porque apesar das dificuldades sentidas devido à conjuntura atual o grupo manteve os treinos a nível físico e acima de tudo tivemos reuniões semanais para manter o grupo unido e ativo” começou por referir disse Luís Pinto, que adiantou que “mesmo assim, sentimos que os desafio vão ser muitos no que ao retorno da capacidade de jogo diz respeito”.

O treinador da equipa Sénior Feminina considera que voltar à normalidade da competição será um desafio…

“Esperamos conseguir aos poucos voltar à normalidade. Sabemos que temos poucos treinos até ao inicio da competição, mas ainda assim estamos confiantes que vamos dar o nosso melhor para que o impacto seja o menos negativo possível”.

OLHOS POSTOS NA SUBIDA DE DIVISÃO

O SC Braga entrou na época 2020/21 determinado em subir de divisão. Na altura da paragem do campeonato, o conjunto bracarense ocupava a segunda posição, com 10 pontos em seis jogos. Com o retomar da competição em vista, Luís Pinto salienta que a meta continua a ser a mesma, principalmente pelo espírito competitivo da equipa, mas…

“Sem dúvida que temos os nossos olhos postos na subida de divisão devido ao espírito competitivo e vontade de ganhar a cada jogo que decorre” disse Luís Pinto, que acrescentou que “no entanto, queremos ainda mais que todas as atletas se mantenham saudáveis e seguras. Se o campeonato tiver que ficar em segundo plano não será um problema para nós” até porque “como referimos no início da época temos excelentes atletas, mas isto é um projeto que teve este ano como um ano de construção da equipa para nos próximos estarmos mais coesos e aí sim termos compromissos competitivos mais elevados” .

O que mais receia com este retomar de competição mais de dois meses depois da suspensão dos treinos e praticamente quatro meses depois do último jogo que o SC Braga realizou para o campeonato?

“Sinceramente o meu maior receio é de voltar a confinar. Tudo o resto a gente consegue trabalhar e ultrapassar, depende de nós exclusivamente… ”, referiu Luís Pinto, que salienta que “o regresso, aos treinos no pavilhão, vai ter que ser de forma controlada e progressiva. Terá de ter a nossa máximo de atenção, pois teremos pouco tempo até à realização dos jogos para o campeonato, o que requer um grau de exigência elevado das atletas quer física quer mentalmente”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS