CICLISMO

Ricardo Machado preparado e confiante para o arranque da época

Ricardo Machado, ciclista de Vimieiro que representa a Kelly/Simoldes/UDO, está preparado para o arranque da época, que está marcada para 11 de abril, com a realização da Prova de Abertura- Região de Aveiro, primeira prova da Taça de Portugal JSC.

O ciclista, que esteve em destaque no seu último ano de Juniores pela Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact, prepara-se agora para se estrear num no escalão e num novo clube. Na Kelly/Simoldes/UDO, Ricardo Machado, que será o ‘caloiro’ da equipa, vai encontrar vários ciclista do Minho – César Fonte, Pedro Miguel Lopes, Hélder Gonçalves e João Salgado -, o que acaba por ajudar à adaptação.

Ricardo Machado já está a trabalhar há algum tempo e garante que “os treinos estão a correr bem”, apesar da pandemia e restrições impedirem os habituais treinos de equipa.

 

“FUI MUITO BEM ACOLHIDO ”

 

Mesmo assim, Ricardo Machado salienta que a adaptação à nova equipa está a correr bem: “ainda só nos conseguimos juntar dois dias devido à pandemia, mas senti-me bastante bem e fui muito bem acolhido. De resto, temos feito reuniões online e tenho estado sempre em contacto quer com os diretores, quer com os colegas e isso faz-me sentir muito bem na equipa!”.

Com as competições à porta – se tudo correr bem a Prova de Abertura realiza-se a 11 de abril – , Ricardo Machado diz-se “bastante motivado. Estou com muita vontade de correr e de me estrear neste novo escalão”.

Quanto à preparação refere que já sentiu algumas diferenças… “e termos de preparação, a maior diferença em relação ao escalão Júnior são as horas em cima de bicicleta e também o trabalho que temos de fazer fora da bicicleta”.

Ricardo Machado, que tem feito bastante trabalho de core e flexibilidade, treina, essencialmente, sozinho: “a maior parte das vezes sozinho, mas de vez em quando junto-me com colegas para fazer os treinos mais longos”.

 

“AJUDAR A EQUIPA…E APRENDER O MÁXIMO”

 

Quanto a objetivo para a nova época, o ciclista de Vimieiro salientou que “o objetivo este ano é conseguir ajudar a equipa no que puder e aprender o máximo… Dar sempre o melhor de mim em cada oportunidade que surgir”.

Ricardo Machado sente que está a trabalhar bem… “Tenho trabalhado bastante para estar a um bom nível quando as provas chegarem, por isso, estou confiante” e acrescentou: “este é um ano de aprendizagem e sei que não será fácil, mas estou preparado e ansioso para o arranque da época”.

“É pena as competições ainda não terem arrancado porque a competição ajuda bastante no nosso desenvolvimento e só com as provas sabemos o nosso estado real”, disse o ciclista de Braga.

Foto: Kelly/Simoldes/UDO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS