BASQUETEBOL

Vitória SC defronta GDESSA na ‘Final Four’ da Taça de Portugal

Vitória SC e GDESSA Barreiro defrontam-se este sábado, a parti das 15.30 horas, no jogo de abertura da ‘Final Four’ da Taça de Portugal feminina de Basquetebol, que vai realizar-se no Pavilhão Fidelidade, em Lisboa.

Em Guimarães o jogo está a ser encarado com otimismo e motivação. Rui Costa, treinador da equipa feminina do Vitória SC, garante que “é para momentos como estes que nós trabalhamos. Estamos com muita vontade de chegar ao fim de semana e lutar por um dos nossos objetivos da época” .

A meta do Vitória SC é, em primeiro lugar, vencer o GDESSA e assim garantir presença na Final da Taça de Portugal: “vai ser um jogo extremamente difícil, mas sabemos que temos condições para levar este jogo de vencido e chegar à final da Taça de Portugal”.

Rui Costa garante que “a equipa está bem, está motiva e com muita vontade de aproveitar ao máximo este momento. Vamos para Lisboa para dar o nosso melhor e isso passa por tentarmos trazer o troféu”.

De referir que o Vitória SC, que deixou pelo caminho o CJ Boa Viagem (75-61) e SIMECQ (78-59), já chegou uma vez à final da Taça de Portugal, tendo então perdido com o Olivais, isto na época de 2018/19. No seu plantel, o Vitória SC conta com uma atleta que já ergueu a Taça de Portugal, Sara Ressurreição, então com 18 anos, venceu em 2011/12 a competição pela AD Vagos.

PROGRAMA DE JOGOS

Sábado

15.30 horas: Vitória SC – GDESSA Barreiro

18h: União Sportiva – Benfica

Domingo

11h: Final

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS