CANOAGEM

Darque reduz mensalidades para crianças e jovens carenciados

A Darque KC reduziu entre 50 a 90 por cento as mensalidades para crianças e jovens carenciados na prática da canoagem como forma de apoiar as famílias e a comunidade nesta fase complicada provocada pela pandemia.

“Em tempos de pandemia e com famílias a passar dificuldades, a Darque Kayak Clube, e como é sua tradição, apoia famílias e a comunidade, para que todas as crianças e jovens possam praticar esta modalidade individual ao ar livre que é a canoagem” referiu Américo Castro, presidente do clube de Viana do Castelo.

Aquele responsável salientou que “mesmo sem o apoio financeiro institucional local, a Darque KC aposta no voluntariado associativo para que as crianças e jovens de famílias comprovadamente carenciadas possam praticar a modalidade em condições de excelência”.

Américo Castro referiu que “já reduzimos de forma significativa as mensalidades, de 50 a 90% para as famílias carenciadas” e prepara-se para o fazer a para todos os que se queiram inscrever e preencham essa condição.

O presidente da Darque KC acrescentou que “os técnicos sempre tiveram o condão de ser voluntariamente generosos e de ‘responder às chamadas’ que consideram mais convenientes e dentro do perfil desta associação juvenil”.

De salientar que a Darque KC tem estado muito ativo neste último ano com ações de solidariedade. Fazendo a doação de material de proteção a IPSS de Darque, recolhas de sangue para o Instituto Nacional de Sangue e agora reduzindo a mensalidades para todas as crianças e jovens de famílias comprovadamente carenciadas que queiram fazer canoagem.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS