CICLISMO

Diogo Saleiro “quero mostrar do que sou capaz”

Diogo Saleiro, do CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor, já está a preparar a nova temporada com o objetivo claro de “ mostrar do que sou capaz” e brilhar nas corridas em que participar.

Para já, o ciclista de Barcelos divide-se entre os trabalhos físicos e a bicicleta e garante que “os treinos estão a correr bem, felizmente”.

Hoje, Diogo Saleiro regressou aos rolos “devido à chuva. Nos anos anteriores fazia a minha preparação, sobretudo, nos rolos devido ao horário escolar, mas este ano já faço muita estrada”, agora na companhia do seu irmão (Sérgio Saleiro), já que “os treinos da equipa foram todos cancelados devido ao confinamento”.

Quanto à nova época, Diogo Saleiro garante que “quero mostrar do que sou capaz” e adiantou: “gostaria de estar bem ao longo de toda a época ”.

Questionado sobre quais os ‘sonhos’ que quer ver concretizados este ano, o ciclista de Barcelos referiu que “quero revalidar o título de Campeão Nacional de Pista”. E na Estrada? “Vou lutar para conquistar mais vitórias ao longo da época”.

Diogo Saleiro sabe que a tarefa não vai ser fácil, pois 2020 quase não houve corridas e, por isso, não tem ainda uma ideia de como estará o pelotão de Juniores.

“Para me impor terei de dar sempre o meu máximo, trabalhar muito, treinar bem e esperar que o melhor  aconteça nas corridas”, disse Diogo Saleiro, que confessa que “nesta altura o que mais receio é que a pandemia não nos deixe correr e que as corridas voltem a ser canceladas”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS