CICLISMO

Iúri Leitão: “ajudar a equipa a atingir os seus objetivos e dar o melhor de mim”

“Estou muito feliz por me estrear como profissional nesta que foi a equipa que me acolheu no meu primeiro ano como Sub-23” disse Iúri Leitão a propósito do seu ingresso na Tavfer-Measindot-Mortágua.

Iúri Leitão, que fez a sua formação na Tensai/Sambienta/Santa Marta, regressa assim a uma ‘casa’ que conhece e sempre o recebeu bem: “é uma estrutura que já conheço e onde gostei muito de estar no passado”.

Quanto a objetivos, o ciclista, que no último ano de Sub-23 alinhou na equipa espanhola do GD Supermercados Froiz, garante que “o meu principal objetivo é ajudar a equipa a atingir os seus objetivos na Estrada e dar o melhor de mim em todas as oportunidades” e adiantou: “quanto à Pista vou estar presente nos principais eventos e espero fazer uma época regular”.

Em 2020, Iúri Leitão esteve em grande evidência na Pista. Começou o ano a dar cartas no Campeonato Nacional: sagrou-se Campeão Nacional de Scratch e Vice-Campeão na Corridas por Pontos e na Eliminação. Em outubro brilhou no Campeonato da Europa de Sub-23, que se realizou em Itália, ao sagrar-se Vice-Campeão da Europa na Corrida por Pontos, Scratch e Eliminação.

O ponto alto foi em novembro, na Bulgária, onde decorreu o Campeonato da Europa de Pista de Elites e em que Iúri Leitão se sagrou, com 22 anos de idade, Campeão da Europa de Scratch. O ciclista de Viana do Castelo foi ainda Vice-Campeão de Eliminação e ficou na terceira posição em Omnium.

Para 2021 as expetativas são altas, mas Iúri Leitão garante que tem sonhos traçados…“neste momento estou focado em fazer uma época o mais regular possível”.

Certo é que o ciclista de Viana do Castelo já se encontra a trabalhar. “Os treinos estão a correr bem. Pouco a pouco as coisas vão ganhando forma”, salientou Iúri Leitão.

Interrogado sobre se já contactou com os seus novos companheiros de equipa, o ciclista vianense referiu que “ainda não tive oportunidade de estar com todos pessoalmente, por questões de segurança, mas já conversei com todos”.

De referir que em 2021 a Tavfer-Measindot-Mortágua conta com outro minhoto na sua estrutura, o massagista Gaspar Silva, também ele de Viana do Castelo e ligado à Tensai/Sambiental/Santa Marta.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS