CICLISMO

Fábio Fernandes na EFAPEL “estou onde me sinto bem e rodeado dos melhores”

“Estou onde me sinto bem e rodeado dos melhores” foi assim que Fábio Fernandes, vencedor da Taça do Minho nas últimas duas temporadas (Cadetes, 2018 e Juniores 2019), abordou a sua promoção à equipa profissional da EFAPEL.

Formado no clube de Ovar, Fábio Fernandes, de 18 anos, sobe ao escalão de Sub-23 e é uma das apostas da EFAPEL para 2021…

O ciclista natural da Lousã mostrou-se satisfeito por se manter na estrutura da EFAPEL, único clube em Portugal com uma Escola de Formação que abrange todos os escalões.  “Estou feliz por poder continuar na EFAPEL. Estou bastante motivado por ingressar nesta equipa que é como uma família para mim. Espero que possamos juntar o útil ao agradável e ter o melhor de dois mundos, a experiência dos que já estavam na equipa e a minha juventude. Só por aí já me ajuda bastante. O resto virá com o tempo”.

“VAI SER UM ANO DE APRENDIZAGEM E MUITAS EXPERIÊNCIAS”

Fábio Fernandes, ciclista que conquistou a Taça do Minho de Cadetes (2018) e Juniores (2019), mostra-se consciente das responsabilidades que o esperam no novo escalão: “passar a Sub-23 numa equipa profissional só de si já é uma responsabilidade enorme. Na equipa EFAPEL ainda mais elevada se torna. Vai ser um ano de enorme aprendizagem e de muitas experiências novas. Estou bastante motivado para o que aí vem”.

Quanto a objetivos? “O meu grande objetivo passa por dar o melhor de mim em todas as tarefas que a equipa me delinear”.

O ano de 2020 foi bastante afetado pela pandemia e as competições foram muito reduzidas, mas Fábio Fernandes conseguiu mesmo assim conquistar vários resultados de relevo. Sagrou-se Campeão Nacional de Contrarrelógio – título que conquistou pelo segundo ano consecutivo – e Campeão Nacional de Rampa, entre outros resultados…

BALANÇO POSITIVO

“Foram poucas as provas que disputamos, mas os resultados foram bons! Consegui alcançar os resultados que tinha previsto com o meu diretor Jorge Henriques. À exceção do ‘Nacional’ de Fundo, onde uma queda mudou todos os nossos planos. Foi uma época bastante bem conseguida mesmo com a pandemia que estamos a enfrentar”.

Na hora de abraçar novos desafios, Fábio Fernandes não se esquece de quem o ajudou nos últimos anos… “não posso deixar de agradecer à pessoa do Jorge Henriques, treinador que acompanhou a minha formação nestes quatro anos. Sem dúvida que todos os atletas estão bastante bem entregues nas mãos dele, tal como eu e os meus colegas estivemos. O meu muito obrigado”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS