VOLEIBOL

‘Derby’ minhoto anima dupla jornada da I Divisão Feminina

SC Braga e AVC Famalicão encontram-se domingo e terça-feira, naqueles que são os jogos grandes da 13.ª e 14.ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão feminina de Voleibol.

Em campo vão estar duas equipas minhota, que têm objetivos distintos no campeonato, mas partem com a mesma ambição para a jornada dupla: ganhar.

O SC Braga vem de uma derrota frente ao Benfica, depois de ter estado parado, praticamente, um mês devido à situação pandémica que se vive. O conjunto de João Paulo Mateus, que deu uma boa réplica frente ao Benfica, ocupa a 12.º posição com quatro pontos conquistados em oito jogos.

Já o AVC de Famalicão é sétimo classificado, com 11 pontos em nove jogos e depois de um arranque de época bastante fustigado pelas lesões, parece estar a retomar o caminho que, habitualmente, o coloca nos lugares cimeiros.

SC BRAGA OTIMISTA PARA A JORNADA DUPLA

Em Braga os jogos estão a ser encarados com otimismo e algum cuidado. A equipa recupera ainda os índices físicos da paragem prolongada a que esteve sujeita e do esforço que despendeu no último domingo no embate com o Benfica, o primeiro ao fim de praticamente um mês sem competição…

“Neste momento, a minha preocupação é recuperar o estado físico das atletas. No jogo com o Benfica elas excederam todas as expetativas. Tirando o último set, em que, realmente, foram abaixo fisicamente, a equipa fez um esforço colossal em termos físicos para dar uma boa resposta no jogo. Lembro que nós começamos a treinar na quinta-feira anterior ao jogo e algumas delas só treinaram mesmo no sábado. Mesmo assim tiveram uma prestação muito boa, com um esforço enorme e eu agradeci isso às atletas. Só assim é que não fomos trucidados pelo Benfica”, começou por afirmar João Paulo Mateus, treinador do SC Braga.

No entanto, a equipa ressentiu-se desse esforço “na chegada a Braga percebi logo que elas estavam em dificuldades. Ainda temos uma ou outra atleta tocada, devido ao esforço, mas penso que poderão recuperar até domingo. Desde terça-feira que temos feito mais um trabalho de recuperação das atletas, para que elas possam estar em condições de poder disputar os jogos domingo e terça-feira. Estes são jogos muito importantes, que queremos vencer”.

Sobre o adversário, João Paulo Mateus não tem dúvidas: “o AVC tem desde logo uma grande vantagem, ainda não caiu na nossa situação. De resto, o AVC tem uma excelente equipa, reforçou-se muito bem e tem excelentes jogadoras. O campeonato não lhe está a correr de feição e precisa de vitórias, de ganhar para ir para o lugar que acham que merecem” e adiantou: “estamos a contar com muitas dificuldades porque o AVC, realmente, é muito forte, em muito bons argumentos e atletas com experiência e uma distribuidora que é de um nível muito alto”.

“NÓS TAMBÉM TEMOS AS NOSSAS ARMAS”

“Claro que vamos encontrar grandes dificuldades, mas nós também temos as nossas armas. Como sempre, fizemos um estudo prévio da equipa, e sabemos o que é mais importante levar para o jogo. O SC Braga tem as suas competências e não nos podemos esquecer disso. Temos de ter cuidado com o adversário, mas sobretudo saber o valor que temos e lutar em campo pelos nossos objetivos”.

João Paulo Mateus considera que “esta paragem fez-nos voltar atrás naquilo que estávamos a conseguir, mas penso que com trabalho podemos chegar lá novamente. Gostei muito da equipa no jogo com o Benfica. Apesar de muitas limitações, conseguiu mostrar qualidade nas ações. Claro que é importante estar bem para se poder lutar pelo resultado. E, neste momento, torna-se urgente começarmos a fazer pontos. Quanto melhor estivermos mais próximos estaremos de consegui discutir os jogos”.

VÍTOR OLIVEIRA: “VAMOS DEFRONTAR UM ADVERSÁRIO QUE RESPEITAMOS”

“Pela frente temos dois jogos com o mesmo adversário. A equipa está bem, está a trabalhar bem e está motivada. Vamos defrontar um adversário que respeitamos, que precisa de pontos, mas queremos ganhar” foi assim que Vítor Oliveira, treinador do AVC Famalicão, começou por abordar os jogos com o SC Braga, marcados para domingo e terça-feira.

Vítor Oliveira está preparado para encontrar um SC Braga muito motivado: “provavelmente, a equipa do SC Braga não está no seu melhor quer em termos físicos, táticos e técnicos porque esteve parado muito tempo e isso faz toda a diferença, mas a motivação permite ultrapassar isso tudo. Acredito que as dificuldades motivadas pela paragem conseguem ser ultrapassadas pela ‘fome de Voleibol’ e pela motivação”.

“SE CONSEGUIRMOS ESTAR AO NOSSO NÍVEL…FICAREMOS MAIS PRÓXIMOS DE ATINGIR O NOSSO OBJETIVO”

Vítor Oliveira diz estar atento, mas confessa que “preocupa-me mais a minha equipa. Se nós conseguirmos estar ao nosso nível, se conseguirmos levar para dentro de campo o que sabemos, então ficaremos mais próximos de atingir o nosso objetivo”.

Sobre o SC Braga, Vítor Oliveira referiu que “conhecemos bem o SC Braga, tem atletas que jogam lá há muito tempo e reforçou-se com três estrangeiras, que, por aquilo que vimos, têm grande valor. Tem um serviço muito forte, que causa muitas dificuldades. Estamos atentos e a trabalhar para tentar minimizar os pontos fortes do adversário e conseguirmos impor o nosso jogo”.

JORNADA DUPLA NÃO AGRADA

SC Braga e AC Famalicão encontram-se duas vezes em três dias, uma situação que desagrada a Vítor Oliveira… “jogar uma jornada nunca é favorável para as equipas. Quanto mais tempo tivermos para preparar e estudar o jogo e o adversário melhor.  Neste momento, com a situação que vivemos, vamos ter, com certeza, muitas jornadas duplas. O que não é bom, mas é o que temos e temos de estar prontos para jogar desta forma”.

Seja como for, “estamos, como sempre, confiantes e vamos para os dois jogos com o intuito de ganhar. Sabemos que não vamos ganhar sempre, como não vamos perder sempre, mas vamos lutar sempre para discutir o resultado”.

PROGRAMA DE JOGOS

Seniores Femininos

13.ª Jornada

Sábado

11h: Vitória SC – CD Aves/Termolan, no Pav. Desp. Unidade Vimaranense

Domingo

11h: SC Braga/U. Minho – AVC Famalicão, no Pav. Univ. Minho

11h: Boavista FC – Sporting CP

13.30h locais: Clube Kairós – Leixões SC

Terça-feira

10.30h: AVC Famalicão – SC Braga,Pav. Municipal das Lameiras

11h: Sporting – Boavista

11h: CD Aves – Vitória SC, Pav. CD Aves

11h: Leixões – Clube K

I Divisão – masculinos

Sábado

11h: AA S. Mamede – Clube K

11h: Castêlo da Maia GC – Vitória SC, no Pav. C. Maia GC

11h: Ala Nun’Álvares de Gondomar – SC Caldas

Segunda-feira

17h: VC Viana/Casa Peixoto – SL Benfica, no Pav. Mun. Santa Maria Maior

5 de dezembro

16h: – CN Ginástica – AJF Bastardo, no Comp. Desp. CN Ginástica

11.ª Jornada

Domingo

11h: Leixões SC – CN Ginástica

11h: Sporting CP – AA S. Mamede

11h: Vitória SC – Clube K, no Pav. Mun. Arq. Fernando Távora – Fermentões

11h: SC Espinho – Ala Nun’Álvares de Gondomar

11h: VC Viana/Casa Peixoto – Castêlo da Maia GC, no Pav. Mun. Santa Maria Maior

6 de dezembro

16h: – Esmoriz GC – AJF Bastardo, no Pav. Esmoriz GC

13.ª Jornada

Terça-feira

11h: VC Viana/Casa Peixoto – Sporting CP, no Pav. Mun. Santa Maria Maior

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS