NATAÇÃO

SC Braga à conquista de títulos e pódios no Torneio Zonal

O SC Braga é um dos favoritos à conquista títulos e pódios no Torneio Zonal de Juniores e Seniores, que se realiza no fim de semana, nas Piscinas Municipais da Mealhada.

Para o Torneio Zonal, Zona Norte, estão inscritos mais de duas centenas de atletas, em representação de 38 clubes que vão lutar pelos primeiros títulos e pódios da época de natação. Para alguns nadadores será a primeira prova desde a suspensão das competições em fevereiro/março.

Em Braga, a competição está a ser encarada com entusiasmo, apesar de Luís Cameira leva apenas sete atletas ao Torneio Zonal…

“Dos 18 nadadores com mínimos para este torneio, levamos sete atletas, que são aqueles que achei que estavam em condições para participar” começou por referir Luís Cameira, que explicou que “estes sete nadadores têm mantido uma preparação condizente para a importância que a competição tem. Do resto da equipa, por vários motivos e devido à pandemia, alguns quebraram a preparação e não estavam a 100 por cento para disputar este Torneio Zonal”.

JOSÉ PAULO LOPES, TAMILA HOLUB E RAFAEL SIMÕES COMANDAM ‘ARMADA’ BRACARENSE

“Temos tido uma preparação condicionada, com várias ausências de nadadores devido a contactos indiretos (escola sobretudo) e a quarentenas obrigatórias…”, disse Luís Cameira, que mesmo assim leva uma equipa de peso para a Mealhada, composta por José Paulo Lopes, Tamila Holub, Rafael Simões, Daniel Carvalho, Adriana Hutyy, David Cruz e Maria Neves.

Quanto a objetivos, o técnico do SC Braga garante que “todos os nadadores partem com a meta de melhorar os seus recordes pessoais” e depois “a grande maioria vai lutar pelos pódios e alguns estão em condições para lutar por títulos”.

Luís Cameira referiu ainda que “o grupo tem evoluído bastante e desde a primeira prova – o Torneio de Abertura – nota-se bem essa evolução”, esperando-se por isso “bons resultados nesta prova da Mealhada”.

O treinador do SC Braga lamenta as sucessivas paragens devido à Covid-19…  “infelizmente são muitos os atletas que têm interrompido os treinos, essencialmente, porque tiveram um colega na turma que testou positivo… isso condiciona o trabalho e estar 14 dias sem treinar deixa muitas marcas nos atletas, mas é esta a realidade com que temos de viver e algo que não posso controlar”.

Certo é que os casos não chegam à piscina… “temos cumprido todas as regras na piscina e não há qualquer foco ou caso de contágio, o que vem comprovar, o que temos dito desde sempre, que se há local seguro é a piscina. Todos os dias passa por aqui tanta gente, utentes, atletas e nem um caso, é sinal de que é mesmo seguro e que o cloro mata o vírus”. Já fora da água: “temos todos os cuidados possíveis e imanigários, desde o calçado, à higienização das mãos, do material…”.

Para reduzir ao máximo os riscos, o SC Braga parte para a Mealhada em dois grupos. Na sexta-feira seguem apenas os atletas que vão participar nas primeiras provas, os 1500m Livres – Adriana Hutyy, Tamila Holub, José Paulo Lopes e Daniel Carvalho. Os restantes atletas viajam apenas no sábado.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS