CICLISMO

João Salgado “feliz por estar de volta e numa vertente que adoro”

“Estou feliz por estar de volta à competição e logo numa vertente que adoro”, disse João Salgado, ciclista de Guimarães que domingo marca presença na primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que se realiza em Melgaço.

João Salgado venceu a categoria de Sub-23 na prova do ano passado, que também se realizou em Melgaço e ditou os Campeões do Minho da vertente. Este ano a primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse volta a realizar-se no Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço), mas não conta para os títulos da ACM.

“O ano passado as coisas correram bem. Entrei a ganhar na Taça de Portugal e conseguiu conquistar o título de Campeão do Minho. Este ano, e apesar do Ciclocrosse servir, essencialmente, de preparação para a nova época, não escondo que entro sempre com ambições”, disse João Salgado, que adiantou que “gostava bastante de poder estar de novo na discussão da Taça de Portugal e do Campeonato Nacional”.

Interrogado sobre se sente preparado para a exigente prova de Melgaço, o ciclista de Guimarães referiu que “sinceramente, não me sinto como gostava. Não sei como vai ser domingo, queria entrar forte e, se possível, conseguir um bom resultado já no arranque da Taça… mas não sei se será possível”.

Até porque a época de Ciclismo de Estrada ainda terminou, oficialmente, há pouco tempo… “temos menos tempo que o normal entre uma e outra época, mas é bom regressar à competição. De resto, eu também não parei totalmente de treinar. Tenho-me mantido ativo. É verdade que treinei menos e fiz mais dias de descanso que o habitual, mas não parei totalmente”.

Para domingo as previsões de tempo não são as melhores, mas o ciclista de Guimarães lembra que “a chuva e a lama são fatores que caraterizam esta vertente. O verdadeiro Ciclocrosse é mesmo assim”.

João Salgado regressa a Melgaço e a uma pista que, nos últimos anos, lhe tem deixado boas recordações… “nos últimos anos tenho corrido em Melgaço algumas vezes, tanto em Ciclocrosse como em Estrada. Acho que já lá passei um bocadinho de tudo. Mas depois da vitória em Sub-23 no arranque da Taça de Portugal e do consequente título de Campeão do Minho, conquistados o ano passado, as recordações são boas”.

Para o ciclista da JV Perfis – Gondomar Cultural o importante “agora era começar com um bom resultado. É uma vertente que adoro e em que me divirto imenso e um resultado positivo acaba por ser uma fonte de confiança, que para mim é bastante importante”.

JUVENIS ABREM PROGRAMA DE CORRIDAS

A primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse destina-se às categorias de Juvenis, Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Masters, masculinos e femininos.

O programa da competição conta com quatro corridas, com horários sequenciais. Os primeiros a correr são os Juvenis, às 9.30h. Às 10h será dado o tiro de partida para os Masters masculinos. Os Cadetes masculinos e todas as categorias etárias femininas arrancam às 11h. Os Juniores e os corredores masculinos de Elite partem às 12h.

De referir que em Melgaço vão estar mais de centena e meia de ciclista, em representação de várias equipas nacionais e espanholas, destacando a presença das equipas minhotas da Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact, Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo, SAERTEX Portugal / Edaetech, Bombos S. Sebastião/ MonçãoBike, União Ciclista de V.N.Famalicão-C.C.Avidos.

Em prova vão estar ainda alguns ciclistas minhotos que alinham por outras equipas, como é o caso João Salgado, João Matias, Pedro Miguel Lopes, João Cruz, Roberto Lopes, Catarina Lopes, Marta Branco e Raquel Marques.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS