CICLISMO

Melgaço recebe Taça de Portugal de Ciclocrosse

Melgaço recebe domingo a primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que se realiza no Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço).

A iniciativa, que decorrerá sob todas as condições de segurança e no cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde e das normas concertadas entre aquela entidade e a Federação Portuguesa de Ciclismo, conta já com mais de centena e meia de atletas inscritos e é organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho, Melsport e Município de Melgaço.

A primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que este ano não conta para o Campeonato do Minho como habitualmente, destina-se às categorias de Juvenis, Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Masters, masculinos e femininos.

O dia começa cedo em Melgaço, com o período de treinos a decorrer às 07.30 horas e vai até às 9.00 h. As provas arrancam às 09.30 horas.

O Ciclocrosse de Melgaço realiza-se num circuito criado para o efeito da área circundante do Centro de Estágios de Melgaço. As inscrições devem ser formalizadas no website da Federação Portuguesa de Ciclismo.

De referir que o Ciclocrosse (“corta-mato em bicicleta”) é uma vertente de inverno do ciclismo disputada em circuitos com zonas de terra, lama, areia e estrada, com a exigência técnica e física dos percursos a ser complementada com obstáculos (naturais ou artificiais) que por vezes obrigam os atletas a desmontar e a carregar a bicicleta.

O ano passado a primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse coincidiu com a atribuição dos títulos de Campeão do Minho, mas este ano devido à pandemia a direção da Associação de Ciclismo do Minho decidiu não atribuir os títulos, a exemplo do que aconteceu com todas as restantes vertentes.

VENCEDORES EM 2019

Os vencedores da prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que se realizou em Melgaço o ano passado foram os seguintes:

Elites –   Márcio Barbosa (Aviludo-Louletano) e    Ana Santos (AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde)

Sub-23 – João Salgado (Rádio Popular/Boavista) e Rafaela Ramalho (Maiatos)

Juniores – João Cruz (AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde)

Cadetes – Tomás Mota (ACD Milharado/DriveonHolidays/Mafra) e Mariana Líbano (Maiatos)

Juvenis –    Paulo Fernandes (Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact )

Master 30 – Michel Machado (Vasconha BTT Vouzela) e Montserrat Martinez (Ciclismo Oiense)

Master 40 – Rogério Matos (Rompe Trilhos / Ajpcar) e Estela Lago (Bike O Facho)

Master 50 – António Sousa (Individual)

Master 60 – Joaquim Pinto (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel)

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS