VOLEIBOL

AVC Famalicão mede forças com Leixões

O AVC Famalicão desloca-se, sábado, pelas 15 horas, ao recinto do Leixões, em jogo de atraso da sexta jornada do Campeonato Nacional da I Divisão Feminina de Voleibol.

O jogo está a ser aguardado com alguma expetativa, até porque o Leixões é considera uma das mais fortes candidatas ao título nacional…

“O Leixões é uma equipa extremamente forte. Nova em relação ao ano passado, mas composta por várias internacionais portugueses e com algumas estrangeiras muito fortes” começou por afirmar Vítor Oliveira, treinador do AVC, que adiantou que “vai ser um jogo muito duro, mas vamos lá com o intuito de trazer os três pontos”.

TRÊS DIAS PARA PREPARAR JOGO COM LEIXÕES…

O Leixões já é, por si só, um adversário bastante difícil, mas não ter grande tempo para preparar o jogo complica ainda mais a tarefa do AVC Famalicão: “temos três dias para preparar o jogo… até aqui estamos a preparar o embate com o Sporting”, mas o jogo com o Sporting, que está em quarentena, foi adiado e a FPV reagendou o embate com o Leixões… “nós vamos jogar, as atletas estão ansiosas para jogar e estamos focados em fazer o melhor possível para tentar ganhar o jogo, mas não é fácil. Estávamos a preparar outro adversário, diferente, e agora temos três dias para nos prepararmos para ir ao recinto do Leixões”.

Vítor Oliveira salientou que “isto é o que temos e embora não concordando temos de aceitar que é assim e só esperamos que o nosso plano de jogo seja o ideal para levar de vencida a equipa do Leixões”.

Os campeonatos estiveram suspensos no fim de semana, por decisão do governo, e o AVC Famalicão aproveitou para melhora a condição física da equipa…“por um lado aproveitamos a paragem para melhorar a forma física”, mas salientou que “isto de não saber com quem vamos jogar no fim de semana, se vamos jogar sequer, estraga todo o nosso trabalho e desmotiva”.

RAFAELLA BONIFÁCIO OUT

Vítor Oliveira garante que “a equipa está mentalmente preparada para jogar no sábado. De resto, estão habituados a competir e sabem a importância e as dificuldades do jogo, agora resta-nos preparar bem a estratégia para tentar ganhar ao Leixões”.

O AVC Famalicão tem sido bastante afetado pelas lesões e está ainda a recuperar algumas atletas ligeiramente tocadas. Fora das opções está Rafaella Bonifácio, uma das atletas brasileiras que reforçou a equipa e que não deverá jogar mais esta época. A ponta vai ter de ser submetida a uma intervenção cirúrgica e pela frente tem cerca de cinco meses de recuperação… “era uma das armas que tínhamos para esta época e que quer queiramos, quer não baixou muito as nossas opções e a qualidade que equipa poderia ter. Mas nós vamos arranjar soluções para tornar a equipa mais forte e mais competitiva”

PROGRAMA DE JOGOS

Sábado

15h, Leixões – AVC Famalicão, Pav. Ilídio Rams, CG Matosinhos

Castêlo da Maia – Benfica (sexta jornada)

AJM/FC Porto – Vilacondense (sexta jornada)

Domingo

15h, Belenenses – Porto Vólei

17 h, Vitória SC – Ginásio Vilacondense, Pav. Desp. Unidade Vimaranense

14.30h, Leixões – Castêlo Maia

14h, Clube K – CD Aves

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS