ATLETISMO

João Henrique Cruz no ‘EstrelAçor Ultra Endurance 100km’

João Henrique Cruz, que representa o CB RUN, participa sexta-feira no ‘EstrelAçor Ultra Endurance 100km’, prova do Campeonato Nacional de Trail Endurance, que se realiza na Serra da Estrela.

A prova inicia-se em Piódão na sexta-feira à noite e termina nas Penhas da Saúde, praticamente, 10 horas depois. O atleta de Guimarães está entusiasmo com a nova aventura e garante “o meu objetivo passa por ganhar a prova”.

Esta é a primeira experiência em distâncias de endurance, mas João Henrique Cruz diz-se preparado… “é a minha estreia em distâncias de endurance, mas tenho treinado só focado nesta prova nos últimos três meses. Sinto-me no meu melhor momento a nível físico, sabendo que nada é certo numa prova com esta distância vou para correr todos os riscos e dar tudo”.

João Henrique Cruz sabe que tem pela frente um percurso duro e longo… “o objetivo está em fazer a prova em 10h. Sei que é muito difícil, mas por norma ponho sempre o objetivo alto para nunca me sentir confortável em prova. gosto de assumir riscos e colocar objetivos, a partida, impossíveis”.

Esta é uma prova diferente do que está habituado a fazer, alterou a preparação? “Segundo dizem os mais experientes é uma prova que os mais ‘gestão’. Eu não costumo lidar bem com a gestão…vamos ver como corre” disse o atleta de Balazar, Guimarães, que acrescentou: “a nível de preparação só mudou a quantidade de quilómetros. De resto o processo de evolução é o mesmo”.

João Henrique Cruz considera que esta prova é um desafio: “sem dúvida é um desafio. Mas é assim que gosto de encarar tudo, como um desafio…gosto de assumir para o que vou. É mais fácil não assumir riscos e no fim dizer que correu bem e dentro do previsto, mas eu gosto de colocar a pressão sobre mim e assumir tudo antes, depois o que correr mal será sempre porque o adversário esteve melhor! Nós é que fazemos os desafios ao colocar os objetivos fortes!”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS