HÓQUEI EM PATINSVOLEIBOL

CARTaipense suspende treinos da Formação de Voleibol e Hóquei em Patins

O CARTaipense decidiu suspender a partir de amanhã os treinos das equipas da Formação de Voleibol e Hóquei em Patins, mantendo a atividade normal na Patinagem Artística, Karaté e Balé.

Em comunicado a direção do CARTaipense considera que “temos acompanhado atentamente o desenvolvimento epidemiológico registado nos últimos dias a nível nacional e em particular no nosso concelho. Com o aumento significativo do número de contágios registados, é primordial para a Direção do CART salvaguardar a saúde dos seus atletas, treinadores e demais staff. Nesta fase complicada da pandemia, queremos evitar a todo o custo, o aumento do fator de risco para os nossos atletas, em particular, nos escalões de formação das modalidades coletivas”.

A direção do CARTaipense explica que decidiu suspender os treinos do Voleibol e do Hóquei em patins porque “nestas modalidades coletivas existe mais contacto físico, e por inerência, maior probabilidade de um possível contágio e tendo em conta que estes escalões de Formação não se encontram em competição, achamos prudente cancelar todos os treinos”.

Desta forma, “a partir do dia 20 de outubro, os treinos nos escalões de formação do Voleibol e Hóquei Patins estão suspensos até novas indicações. A Direcção do CART irá semanalmente analisar o evoluir da situação e informará atempadamente, todas decisões que daí advirem”.

PATINAGEM ARTÍSTICA, KARATÉ E BALÉ CONTINUAM A TREINAR

Já em relação à Patinagem Artística, Karaté e Balé: “sendo estas modalidades de caris mais individual, os treinos continuarão a decorrer nos horários habituais”. No entanto, “para além de todos os procedimentos já existentes de distanciamento social, desinfeção e uso de máscara dentro das instalações do Clube, passa a ser também obrigatório o uso de máscara durante os treinos, ou seja, dentro do pavilhão é obrigatório usar sempre máscara”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS