CICLISMO

José Dias e Ilda Pereira Vice-Campeões de Elites em XCM

José Dias, ciclista de Barcelos que alinha na DMT Racing Team, e Ilda Pereira, Casa Myzé Team, sagraram-se esta tarde Vice-Campeões de Elites no Campeonato Nacional de Maratonas (BTT XCM) que decorreu esta tarde em Condeixa-a-Nova.

José Dias travou um duelo interessante com o seu colega de equipa Tiago Ferreira, a envergar a camisola de Campeão da Europa, e Bruno Sancho (Korpo Activo/Penacova) durante grande parte dos 105 quilómetros do percurso.

Com o desenrolar da prova, Tiago Ferreira foi-se distanciando e completou o percurso em 04:24:23 horas, deixado José Dias a 04.32m. Bruno Sancho fechou o pódio.

Dos restantes minhotos presentes neste Campeonato Nacional, de realçar o oitavo lugar de David Vaz, que corre como individual. O ciclista de Vila Franca, Viana do Castelo, não teve uma tarde fácil e não conseguiu repetir o pódio do ano passado.

Ivan Sá, do Bombos S. Sebastião/MonçãoBike, foi 20.º, enquanto José Simões terminou no 24.º lugar. Rui Souto (Bombos S. Sebastião) foi 26.º e Carlos Cruz (SAERTEX Portugal – Edaetech) fez 30.º lugar.

ILDA PEREIRA EM SEGUNDO

Em Femininos, a vimaranense Ilda Pereira (Casa Myzé Team) esteve na luta pela camisola, terminado a 1m50s da grande vencedora, Melissa Maia (Korpo Activo Penacova), que ontem conquistou a camisola de Campeã Nacional de Ciclismo de Estrada e hoje percorreu os 70 quilómetros em 03:45:40h.

Celina Carpinteiro (BTT Loulé/Elevis), que ontem também esteve na luta pela camisola em Ciclismo de Estrada, terminou na terceira posição.

Joana Monteiro, ciclista de Famalicão que alinha na AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, ficou às portas do pódio. Joana Monteiro  ficou a cerca de minuto que a terceira classificada.

Virgínia Moreira, da SAERTEX Portugal – Edaetech, ficou na 11.ª posição.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS