CICLISMO

Francisco Cardoso “a prova correu de forma excelente”

“Estou muito contente, a prova correu de forma excelente” foi assim que Francisco Cardoso, presidente do CC Barcelos, começou por abordar o 2.º Prémio HM Motor, que se realizou durante o dia de domingo na Zona Industrial da Várzea, em Barcelos.

O Prémio HM Motor decorreu de forma bem diferente do delineado do início do ano e juntou num só evento as provas de Escolas, Cadetes e Juniores, marcando ainda o regresso das provas de Ciclismo de Estrada ao Minho.

Apesar de todas as condicionantes – decorreu sem público, uso obrigatório de máscara e desinfeção das mãos, horários das categorias desencontradas – o balanço não podia ser mais positivo…

“Dadas as circunstâncias não podia estar mais contente. Correu tudo muito bem. Foi excelente”, disse o presidente do CC Barcelos, que lembrou que “foi uma prova que deu muito trabalho, tivemos imensas dificuldades e tudo levou muito tempo porque era tudo muito complicado”.

Na hora de fazer o balanço Francisco Cardoso afirmou que “quero deixar uma palavra de agradecimento à Associação de Ciclismo do Minho, que foi um parceiro fundamental para que a prova fosse realizada. Ajudaram-nos desde a primeira hora e foram incansáveis. Por isso, quero deixar uma palavra de agradecimento principalmente ao seu presidente e ao secretário”.

Francisco Cardoso lembra que “a prova deu muito trabalho, tive muitos dias sem dormir, mas valeu a pena. Só de ver a alegria nos rostos destes miúdos, desde as Escolas, os Cadetes e Juniores. Estou muito grato às equipas que foram convidadas e não disseram que não. Nesta hora de fazer o balanço também não me posso esquecer dos meus colegas do CC Barcelos, que foram incansáveis e ao patrocinador que esteve do nosso lado”.

Esta foi a segunda edição do Prémio HM Motor e Francisco Cardoso considera que “esta edição teve um significado mais forte. Foi a luta de todos nós por levar o ciclismo para a estrada. A prova realizou-se em moldes diferentes do que pretendíamos. Queríamos fazer uma prova em linha para Juniores, com mais quilómetros que o ano passado, mas não foi possível dada a situação atual. O importante é que conseguimos organizar a prova. Foi uma luta grande, uma luta em prol do ciclismo e destes jovens ciclistas. Correu tudo bem, as pessoas respeitaram as regras e não houve qualquer incidente com o público. Agora posso dizer que valeu a pena todo o esforço”.

SEISSA VENCE EM ESCOLAS

O 2º Prémio HM Motor, ao contrário do ano passado que se destinou apenas ao escalão Júnior, recebeu este ano três provas: Escolas, que decorreu durante a manhã de domingo. Seguiu-se a prova de Cadetes e os Juniores encerraram a competição.

De manhã a animação foi enorme. Os Pupilos-Benjamins fizeram a habitual prova de gincana para mostrar as suas habilidades, enquanto os Iniciados, Infantis e Juvenis fizeram a prova de Contrarrelógio, que substituiu a habitual prova em linha.

Por equipas a Seissa/KTM-Bikesen/Matias&Araújo/Frutact foi a vencedora da prova de Escolas do 2.º Prémio HM Motor. A equipa de Roriz, Barcelos, participou nas quatro competições e somou oito pontos. A Silva&Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel fez segundo lugar e o CC  Barcelos/ AFF/Flynx/HM Motor foi terceira.

No Contrarrelógio de Juvenis, Afonso Coelho (Seissa) e Daniel Moreira (Tensai) estiverem em destaque e discutiram a vitória na corrida até ao fim. José Moreira, da Silva &Vinha/ADRAP/ Sentir Penafiel levou a melhor ao fazer o percurso em 03:24m.

No Top 10 ficaram ainda Rodrigo Rodrigues (Seissa) que terminou em quinto lugar e o seu colega de equipa Paulo Fernandes foi 10.º.

Em femininos Bruna Moreira, Penafiel Bike Clube, venceu, deixando na segunda posição Lia Godinho (UC Trofa) e Margarida Vasconcelos (Clube BTT Matosinhos) foi terceira.

No Contrarrelógio de Infantis, Afonso Silva gastou mais cinco segundos que o vencedor, Rui Sabino, da União Ciclista da Trofa, e terminou na terceira posição. Gonçalo Costa, da Póvoa de Varzim/CDC Navais, fez o segundo melhor tempo. Francisco Cardoso (CC Barcelos) fez o quinto melhor tempo.

Matilde Moreira, Penafiel Bike Team, venceu em Infantis femininos. Mariana Maia, do Figueiras BTT, foi segunda.

Em Iniciados José Gomes (Seissa) esteve na luta pela vitória, mas Simão Silva, União Ciclista da Trofa, foi mais rápido e fez o percurso em 02:13m, menos dois segundos que o ciclista da equipa barcelense. Gonçalo Serra (UC Trofa) ficou em terceiro.

Rodrigo Assunção (CC Barcelos) conquistou o quinto lugar e Rui Lopes (Seissa) foi oitavo classificado.

Em femininos, Beatriz Ferreira (UC Trofa) ficou em primeiro. Marta Gaspar, Penafiel Bike Clube, terminou em segundo e Rosa Maia (Figueiras BTT/Lousada/Carvic Team, foi terceira.

Em Pupilos -Benjamins o destaque vai para o terceiro lugar de Duarte Marques, do CC Barcelos/ AFF/Flynx/HM Motor. Marco Coelho, da União Ciclista da Maia, fez primeiro lugar. Tomás Garcês, da Silva&Vinha/ADRAP/ Sentir Penafiel ficou em segundo.

Samuel Gomes (Seissa) foi quarto classificado e o seu colega de equipa Gustavo Saleiro terminou na sétima posição.

Matilde Fernandes, da Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact, venceu em femininos, deixando na segunda posição a sua colega de equipa Matilde Fernandes. Mafalda Rodrigues (UC Trofa) foi terceira.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS