CICLISMO

Marco Macedo Vice-Campeão Master 40

Marco Macedo, da SAERTEX Portugal – Edaetech, sagrou-se Vice-Campeão de Master 40 no Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO), que decorre na pista permanente de Tamengos, Anadia, para disputar o Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO).

O ciclista do clube vianense partiu para a Anadia determinado em revalidar o título de Campeão Nacional, que conquistou em Guimarães em 2019, e percorreu o traçado em 57m36s, gastando mais 48s que Rogério Matos (Rompe Trilhos/AJPCAR), o novo Campeão Nacional de Master 40.

António Viana, do Bombos S. Sebastião/ MonçãoBike, terminou o Campeonato Nacional na oitava posição, enquanto António Rocha (SAERTEX) foi 14.º e Tiago Almeida (SAERTEX) terminou na 17.ª posição. José Ribeiro (Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact) foi 20. Classificado e Roberto Lopes (AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde) fez o 22.º lugar.

Em Master 30, Luís Grilo (SAERTEX Portugal – Edaetech) foi o ciclista minhoto melhor classificado ao terminar no 12.º lugar, a 4m41s do novo Campeão Nacional, André Filipe (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS).

Cláudio Veloso, do BTT Braguinhas/Padim da Graça, terminou no 23.º lugar e Duarte Monteiro (Joane BTT/Trilhos Bike) foi 26.º.

Em Master 50, Joaquim Sá (Bombos S. Sebastião/ MonçãoBike) terminou na 14.ª posição. António Sousa, que corre como individual é o Campeão Nacional.

Luís Tomé (Korpo Activo / Penacova) é o Campeão Nacional de Master 60 e Tiago Craveiro venceu em Paraciclismo.

 

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS