CICLISMO

Filipe Silva às portas do pódio de Elites

Filipe Silva, da Bike House DH Team/Guimarães, ficou às portas do pódio na prova de Elites masculinos do Campeonato Nacional de Downhill, que teve como vencedor Francisco Pardal (BlackJack Factory Racing), atleta que viu a camisola de Campeão Nacional escapar-lhe para o seu colega de treino, o Júnior Gonçalo Bandeira.

Filipe Silva fez o tempo de 02:17.201m, enquanto o terceiro classificado, Guilherme Jesus (MCF/ Xdream / Município de São Brás), terminou a descida com 02:17.192m. O ciclista de Guimarães ficou assim a 99 centésimas de um lugar do pódio.

Bica Vasco (Miranda Factory Team) foi segundo classificado (02:12).

No Top10 da prova de Elites ficou ainda João Pereira (DJA), que terminou em sexto.

 

FILIPE SILVA “BALANÇO POSITIVO”

 

Filipe Silva faz um balanço positivo da corrida, até porque conseguiu obter a sua melhor classificação num Campeonato Nacional, mas no final fica um sabor amargo…pois ficou a menos de um segundo do pódio.

“O balanço que faço desta prova é positivo, pois consegui alcançar o meu melhor resultado num Campeonato Nacional”, disse o jovem de Guimarães, que acrescentou que “claro que fico um pouco triste por ter deixado escapar o lugar do pódio. Fiquei a 99 centésimos e isso deixa-me insatisfeito”.

Questionado sobre se tem uma ideia onde poderá ter perdido a subida ao pódio, Filipe Silva referiu que “sim, sei que poderia ter feito melhor…cometi dois erros que foram cruciais, principalmente, ao cruzar as células a bike derrapou-me e penso que perdi bastante tempo aí”, mas “agora nada a fazer, só tenho de aprende com os erros, treinar e tentar fazer melhor para o ano”.

Com o Campeonato Nacional de DHI ultrapassado, Filipe Silva aponta já para o que falta realizar: “vamos esperar que se possa realizar a prova da Taça de Portugal em Tarouca e lutar pelo Top5”.

 

FRANCISCO PARDAL: “FELIZ E FRUSTRADO”

 

Francisco Pardal (Blackjack FactoryRacing) venceu a categoria de Elites, mas perdeu a camisola de Campeão Nacional para Gonçalo Bandeira e confessa que “o sentimento é agridoce. Estou feliz por ter vencido em Elites, mas frustrado porque não conseguiu segurar a camisola de Campeão Nacional, que foi para o Gonçalo”.

Francisco Pardal gastou um pouco mais que um segundo que o Júnior Gonçalo Bandeira, que completou 18 anos do domingo, para fazer o percurso e olhando para a prova, refere que “na primeira manga sofri uma queda. A segunda descida foi muito boa, mas foi controlada para não cair. Penso que fiz uma boa descida, mas a verdade é que não foi suficiente para sair daqui coma camisola de Campeão Nacional”.

“Apesar de tudo venci a minha categoria e quero agradecer a todas as pessoas que aqui estiveram a apoiar-me e que têm estado sempre comigo, em especial aos meus patrocinadores”.

 

SONY DSC
Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS