CICLISMO

David Vaz segundo no Epic Race Pontevedra 300km

David Vaz foi segundo classificado no Epic Race Pontevedra 300km, que se disputou no fim de semana, em Pontevedra, Espanha.

O ciclista de Vila Franca, Viana do Castelo, completou os 300 quilómetros com 8500 de acumulado em 15h20m, fazendo uma média de 19,07km/hora.

David Vaz começou por salientar que “foi bom regressar à competição e logo com este grande desafio de fazer uma prova de 300 kms a solo com 8500 de acumulado!”.

“Era um desafio pessoal, sem qualquer intenção de classificação, pois não sabia como o meu corpo iria reagir a este tipo de prova. Ainda por cima com temperaturas muito altas a rondar os 35 graus, facto que adoro, pois normalmente sinto-me bastante confortável com o muito calor”.

David Vaz adiantou que “tinha como objetivo tentar fazer cerca de 20 h para não chegar num ponto de muita fraqueza. O que é certo é que consegui fazer em 14h e 30 min de andamento e no total de 15h e 20 min terminando com um segundo lugar no final!”.

O ciclista de Viana do Castelo acrescentou que “sabia que até aos 200 quilómetros ia, relativamente, confortável, mas a partir daí tudo era uma incógnita para mim, pois seriam mais 100 kms, com os últimos 40 feitos de noite”.

Apesar do desafio ser grande, David Vaz não abdicou do seu trabalho diário:

“não abdiquei de fazer o meu trabalho diário por causa desta prova. No dia anterior à prova saí de casa às 04h para o mercado, apanhei as flores e estive a trabalhar nas estufas”. Ou seja “foi um dia de trabalho como os outros”. Que terminou com a aventura o Epic Race Pontevedra e o segundo lugar no desafio dos 300km.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS