BASQUETEBOL

Tiago Alves à frente dos Sub-18 do BC Barcelos

Tiago Alves vai continuar à frente da equipa de Sub-18 Masculinos do BC Barcelos, formação que discutiu, na época finda, o Campeonato Distrital da Associação de Basquetebol de Braga.

Tiago Alves confessa que “não podia estar mais satisfeito por fazer parte deste grupo” e adiantou que “já os conheço e eles a mim o que facilita bastante o trabalho. Todos eles têm os seus objetivos individuais, as suas dificuldades e superações e no fundo estou aqui para os ajudar e eles a mim”.

BC BARCELOS APOSTADO NA LUTA PELO TÍTULO DISTRITAL

Quanto a objetivos, o treinador do BC Barcelos não tem dúvidas: “como é natural, o nosso grande objetivo passa, este ano, por ganhar o Campeonato Distrital (se houver) e fazer o melhor possível nos nacionais (repito se houver campeonato)”.

Depois da campanha que fez a época passada, com uma equipa muito jovem, lutar pelo título é o passo seguinte? “Sim esse será um dos nossos focos. Como disse temos capacidade individual e coletiva para isso. Sabemos que o nosso grupo não é fácil, temos muito a melhorar, mas as nossas falhas têm vindo a ser trabalhadas. Cada ano, cada jogo, é uma oportunidade para aprendermos mais e evoluirmos como equipa, se juntarmos tudo isto a ambição que temos diria que temos todas as condições para sermos Campeões Distritais Sub-18. Temos a noção também que haverá outras equipas muito bem preparadas para discutir connosco esse título. Não será fácil, mas vamos lutar por ele”.

REGRESSO AOS TREINOS NO PAVILHÃO

O BC Barcelos regressou já aos trabalhos no pavilhão, seguindo todas as regras e indicações da DGS. Em agosto Tiago Alves ainda conseguiu trabalhar ar livre nas duas primeiras semanas e percebeu que o confinamento deixou marcas no grupo.

“Como é natural, o confinamento veio comprometer a capacidade física de qualquer atleta e a evolução da equipa enquanto grupo tático. Por muito otimista que seja, o basquetebol não é um desporto individual, mas sim coletivo. Não basta fazer lançamentos, não basta correr, é preciso trabalhar em equipa e pensar em equipa e uma equipa só consegue crescer quando o trabalho é feito em conjunto. Sei que todos os meus atletas estão mais que motivados, ansiosos por se voltarem a encontrar e, sobretudo, conscientes do nosso poder enquanto grupo” referiu Tiago Alves.

“Este período não foi só um período de confinamento, foi também um período de reflexão: cada um sabe o seu papel na equipa, o porquê de fazerem parte dela e como podem contribuir para o sucesso da equipa. Durante esta fase, nenhum deles esteve parado porque sabíamos que no final de tudo o importante iria continuar a existir: foco e determinação. Foco nos nossos objetivos, determinação para os conseguirmos porque sabemos que somos capazes”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS