CICLISMO

BTT na retoma das provas da Associação de Ciclismo do Minho

A Taça de Portugal de XCO e Encontro de Escolas de BTT XCO marcam o regresso já em setembro das competições organizadas pela Associação de Ciclismo do Minho.

No dia 12, o Centro de Ciclismo do Minho, que se situa em Souto Santa Maria, em Guimarães, recebe a segunda prova da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO).

No dia seguinte, e aproveitando os trabalhos de preparação do circuito e a logística, a Direção da ACM decidiu promover uma atividade para os escalões de Escolas de BTT XCO.

De referir que a pista do Centro de Ciclismo do Minho acolheu o ano passado o Campeonato Nacional de XCO, prova que foi um êxito organizativo.

A retoma não se fica por aqui e está já confirmado que o Campeonato Nacional de BTT Downhill (DHI) se realiza no dia 20 no Monte da Penha, Guimarães.

2.º PRÉMIO HM MOTOR REALIZA-SE A 27 DE SETEMBRO

Também o ciclismo de Estrada tem a sua retoma, com a organização do 2.º Prémio HM Motor, que se vai realizar na Zona Industrial da Várzea, em Barcelos, no dia 27 de setembro.

O Prémio HM Motor realiza-se este ano em moldes diferentes devido à pandemia realizando-se num circuito fechado e destina-se às categorias de Escolas, Cadetes, Juniores e Femininas (Sub-23 e Elites).

De referir que o Prémio HM Motor é uma organização conjunto da ACM com o Centro de Ciclista de Barcelos.

“CONVICTOS DE QUE CONSEGUIREMOS QUE AS ATIVIDADES SE TRADUZAM NUM EXEMPLO”

Com a retoma do ciclismo em andamento, a Associação de Ciclismo do Minho aproveitou para “solicitar a melhor compreensão e um esforço de sensibilização quanto à necessidade de cumprimento das normas sanitárias, convictos de que conseguiremos que as atividades se traduzam num exemplo”.

“Além do apoio de entidades oficiais (FPC, Câmaras Municipais de Guimarães e de Barcelos) e patrocinadores, entre outros, não podemos deixar de assinalar a colaboração de todos os que, individual ou coletivamente, têm cooperado para viabilizar a realização das atividades” refere ainda a Direção da ACM.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS