BASQUETEBOL

Diogo Leal assume Sub-16 do Famalicense

Diogo Amílcar Leal é o novo treinador da equipa de Sub-16 do Famalicense AC, escalão que na última temporada esteve na luta pelo apuramento para a ‘Final Four’ do Campeonato Distrital da Associação de Basquetebol de Braga.

Diogo Leal estreia-se assim como treinador principal de uma equipa no Famalicense.  O técnico, que vai para o seu terceiro ano no Famalicense, acumula as novas funções com a treinador adjunto dos Seniores.

De referir que Diogo Leal foi durante quatro anos consecutivos treinador de formação do FC Porto tendo, na sua última época, sido treinador principal do escalão Sub-14 masculinos. Sendo ainda presença assídua como treinador em campos de formação técnica do FC Porto.

O clube garante que “já era nosso desejo há muito tempo que o Diogo se juntasse à nossa formação, mas por motivos académicos só agora foi possível”.

Nesta aventura, Diogo Leal tem como adjunto Filipe Ribeiro, que transita dos Sub-14 da época passada.

 

RUI CAMPOS TREINA SUB-14

 

Rui Campos, que na época passada esteve à frente dos Sub-18, assume este ano a equipa de Sub-14.

Rui Campos vai para a quinta época no Famalicense e o clube lembra que “ele foi o grande responsável por colocar quatro atletas muito bem preparados no escalão sénior. É uma referência inegável da modalidade e do clube”.

Rui Campos, que foi atleta do clube e é um dos responsáveis por passar a mística e a paixxão do clube, terá como adjunto neste escalão João Silva, atleta de formação do clube.

Tirada em Pavilhão Lamaçães no dia 21 de Sep de 2019 por Diogo Filipe Teixeira OliveiraGuimarães
Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS