BASQUETEBOL

Pedro Grenha satisfeito com empenho dos atletas

“Os treinos estão a correr bem” disse Pedro Grenha, treinador da equipa Sénior Masculina do SC Braga, formação que vai participar no Campeonato Nacional da I Divisão Masculina de Basquetebol (CNB1).

O SC Braga regressou aos treinos há três semanas, com os trabalhos a realizarem-se ao ar livre e seguindo todas as normas emanadas pela DGS.

“ESTE É UM PERÍODO MUITO IMPORTANTE NA ÉPOCA DESPORTIVA”

“Temos treinado ao ar livre e cumprido todas as normas e indicações dadas pela DGS e autoridades competentes. Este é um período muito importante na época desportiva e, como tal, o compromisso de todos tem sido fundamental para a qualidade do trabalho que temos vindo a desenvolver”.

Pedro Grenha mostra-se satisfeito com a forma como os treinos têm decorrido… “Em relação ao empenho da equipa, dizer apenas que é o reflexo de um forte sentido de responsabilidade perante os objetivos que definimos”.

O SC Braga vai participar no Campeonato Nacional da I Divisão, depois de ter recusado o convite para permanecer na Proliga. O objetivo para a nova época é, claramente, a subida de divisão e, por isso, esta é uma fase importante.

“Acredito que as pré-épocas podem determinar muito do que que um grupo de atletas pode ser como equipa. Esta está, certamente, a ser diferente do habitual por todos os motivos e condicionantes que conhecemos. No entanto, se queremos estar presentes nos momentos de decisão e em condições de competir para ganhar, temos de começar por construir fortes relações interpessoais e desenvolver desde já uma cultura de trabalho que sustente ‘o peso’ desses objetivos”.

“BONS HÁBITOS DE TRABALHO E PLANEAMENTO”

Interrogado sobre como chegaram os atletas depois de um tão longo período de paragem, Pedro Grenha salientou: “os atletas não deixaram de ser atletas devido à paragem e, felizmente, conseguiram realizar algum trabalho individual que permitiu atenuar os efeitos dos meses em que se viram impedidos de treinar e competir” e adiantou que “naturalmente, a impossibilidade de praticar a modalidade sem restrições por um período de tempo tão prolongado teve algum impacto no nível de preparação inicial. Contudo, sempre acreditamos que, com bons hábitos de trabalho e planeamento, rapidamente podemos melhorar o nosso desempenho coletivo”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS