HÓQUEI EM PATINS

Valença HC regressa aos treinos com os olhos postos na subida

O Valença HC regressou esta semana aos treinos de preparação, tendo em vista o Campeonato Nacional da II Divisão de Hóquei em Patins, em que se assume como candidato à subida de divisão.

Nos primeiros treinos da época, que oficialmente arrancou na quarta-feira para o Valença HC, apenas não participaram Sérgio Jesus, que integra os trabalhos já na próxima semana, e Diogo Silva, a recuperar de um pequeno incidente.

Miguel Fernandes, treinador do Valença, garantiu que “o regresso aos treinos correu muito bem, fiquei surpreendido e extremamente satisfeito com a entrega e qualidade demonstrada por todos. Foram muitos meses parados e os jogadores vieram com muita vontade de voltar rapidamente à melhor forma”.

“Estes primeiros dias serviram para retomar de forma gradual a atividade, começar a melhorar os índices físicos e também começar a fomentar um espírito de grupo muito forte e integrar os novos elementos”, disse ainda aquele treinador.

Miguel Fernandes garantiu que “iremos trabalhar arduamente, muito focados e claramente de forma muito ambiciosa e responsável ao mesmo tempo. Queremos claramente andar no topo da classificação e lutar pela subida ao escalão maior, apesar de ainda não haver certezas em relação às equipas que vão participar no nosso campeonato, com a existência da liguilha”.

Para a nova temporada o Valença HC manteve a ‘espinha dorsal’ e contratou três jogadores de grande valor. Assim o plantel é composto por Eduardo Leitão, Diogo Sá, Bolinhas, Tiago Pereira, Jorge Faria Rato, Micha, Serginho, Rúben e Elói. Diogo Silva (ex-HC Braga), e Gonçalo Antunes (ex-AD Valongo) e Luís Viana (ex-Juv. Viana) são as caras novas do plantel.

Fotos: VHC

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS