CICLISMO

Viana do Castelo recebe chegada da primeira etapa da Volta a Portugal

Viana do Castelo recebe a chegada da primeira etapa da Volta a Portugal em bicicleta 2020, prova que este ano se realiza de 27 de setembro e cinco de outubro.

A Volta a Portugal 2020 conta este ano com nove dias de prova, iniciando-se com um Prólogo de 7,4 quilómetros em Fafe, sete etapas e encerra com um Contrarrelógio individual em Lisboa.

A primeira etapa, marcada para o dia 28, é a segunda mais longa da Volta e liga Montalegre a Viana do Castelo, numa extensão de 180,1 quilómetros.

O alto da Santa Luzia é a zona escolhida para receber o pelotão, que depois da saída de Montalegre passa por Vendas Novas, Gerês, segue por Vieira do Minho, Terras de Bouro, Vila Verde, Barroselas e Santa Luzia, em Viana do Castelo.

Viana do Castelo volta assim a engalanar-se para receber uma etapa da prova rainha do ciclismo português, embora este ano a festa do povo tenha que ser feita com todos os cuidados e seguindo todas as recomendações de segurança sanitária.

A segunda etapa, tal como já foi anunciado no final dos Campeonatos Nacionais, realiza-se em Paredes, partindo de Penafiel rumo ao Alto Senhora da Graça no Monte Farinha, em Mondim de Basto, numa extensão de 141,30 quilómetros.

 

TERCEIRA ETAPA TERMINA EM VISEU

 

A terceira etapa, marcada para o dia 30 de setembro, tem uma extensão de 171 quilómetros e liga Várzea a Viseu.

Na quarta etapa os ciclistas parte da Guarda rumo à Serra da Estrela e pela frente têm 148,9km.

No sexto dia de provas a partida é dada em Nogueira do Cravo para aquela que é a mais longa etapa a Volta a Portugal de 2020. Os ciclistas terão de percorrer 184,1km entre Nogueira do Cravo e Figueira da Foz.

A sexta etapa liga Tornada e Salir do Porto, nas Caldas da Rainha, a Torres Vedras, numa extensão de 155,4 km.

A sétima etapa, marcada para o dia quatro de outubro, arranca de Loures e termina em Setúbal, depois dos ciclistas pedalarem cerca de 162 quilómetros.

O último dia da Volta a Portugal em bicicleta de 2020, marcada para o dia cinco de outubro, disputa-se em Lisboa e, tal como aconteceu no ano passado, é um Contrarrelógio Individual de 17,5 quilómetros, que arranque da Avenida da Ribeira das Naus e termina na Praça do Comércio.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS