CANOAGEM

Viana GC aspira às medalhas no ‘Nacional’ de Velocidade

O Viana Garças Clube parte confiante para o Campeonato Nacional de Regatas em Linha, que se realiza no fim de semana no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho.

A equipa de Viana o Castelo participa pela terceira vez na sua história na prova e com uma equipa de ‘peso’, aspirando, por isso, à conquista de medalhas.

“O Viana Garças leva nove atletas para participar no Campeonato Nacional de Velocidade e vai estar presente em 13 das 26 regatas que constituem o programa”, começou por referir Rodolfo Coelho, presidente do clube.

Quanto a expetativas: “acreditamos na possibilidade de estarmos presentes em cinco finais, que pela regulamentação vigente, são condição para pontuar para a classificação coletiva”.

Os candidatos às medalhas são Sérgio Maciel “que apesar de não ser a sua especialidade poderá conquistar duas ou três medalhas (Absolutas e Sub-23)”.

Rodolfo Coelho em K1 Veterano D e Octávio Cerqueira na Paracanoagem “na qual é pioneiro na classe KS-1. Estes atletas poderão conquistar mais duas medalhas para o nosso clube”.

Rodolfo Coelho salienta que “apesar de gostarmos de ser medalhados, vemos com satisfação, o esforço de atletas com menor palmarés do nosso clube, cimentando um grupo que no seu terceiro ano de existência se vai afirmando no panorama do desporto de Viana do Castelo e Nacional”.

Os atletas que vão representar o Viana GC neste Campeonato Nacional de Regatas em Linha são os Juniores Gabriel Costa, Hilário Palma, César Araújo; o Sub-23 Sérgio Maciel, os Veteranos Rodolfo Coelho, Carlos Maciel Rodrigues.  Belmiro Alves e José Cunha de Araújo. Paracanoagem Octávio Cerqueira.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS